Home  >  Plataformas

Red Hat acelera tecnologias de cloud híbrida com três novas soluções

Ofertas visam otimizar, escalar e proteger operações de TI e foram anunciadas durante Red Hat Summit

Da Redação

08/05/2020 às 17h21

red hat anuncia solucoes cloud hibrida
Foto: Shutterstock

A Red Hat anunciou recentemente durante o Red Hat Summit três novas soluções para o mercado: OpenShift Virtualization, Red Hat OpenShift 4.4 e o Red Hat Advanced Cluster Management for Kubernetes. Segundo a companhia, as soluções visam otimizar, escalar e proteger operações de TI de organizações de todos os portes e diferentes setores.

“Mais do que nunca as necessidades específicas de cada organização estão em foco – algumas precisam escalar operações imediatamente para atender a incansável demanda por serviços, enquanto outras buscam fortalecer e manter operações essenciais de TI”, afirmou Paul Cormier, CEO da Red Hat. A natureza open source das soluções permite que as mesmas sejam implementadas da maneira que as organizações precisarem, lembra o executivo.

Com a atualização no portfólio de soluções, a Red Hat introduz funcionalidades que permitem cargas de trabalho inteiramente novas no OpenShift. Como explica a companhia, o OpenShift virtualization permite que organizações desenvolvam, implantem e gerenciem aplicações que consistem em máquinas virtuais junto com containers e serverless, essa orquestração se dá em uma plataforma que unifica cargas de trabalho tradicionais e nativas em cloud.

Baseado no Kubernetes 1.17, o Red Hat OpenShift 4.4 introduz uma visão de métricas de plataformas e monitoramento de cargas de trabalho de aplicações centradas nos desenvolvedores; monitora a integração para Red Hat Operators; além de fazer gestão de custos para medir os recursos usados para aplicações específicas na hybrid cloud.

Já o Red Hat Advanced Cluster Management for Kubernetes busca solucionar os desafios de gestão da operação de aplicações nativas em cloud em larga escala, produção e clusters distribuídos de Kubernetes. A oferta, diz a Red Hat, traz um ponto de controle simplificado para o monitoramento e implantação de clusters em OpenShift, com governança e gerenciamento do ciclo de vida de aplicações.

As novas soluções podem ser integradas aos principais fornecedores de cloud pública no Amazon Web Services, Google Cloud Platform, IBM Cloud e Microsoft Azure, assim como provedores de cloud especializados.

De olho na segurança e resiliência das operações, a companhia também anunciou em formato "as a service" o Red Hat Insights. Segundo a companhia, a solução torna mais fácil para as equipes de TI detectarem, diagnosticarem e remediarem potenciais problemas antes que impactem os sistemas de produção ou usuários finais.

Versão completa do Red Hat Enterprise Linux 8.2 já disponível

A Red Hat também aproveitou o Summit para anunciar que já está disponível para o mercado o Red Hat Enterprise Linux 8.2 (RHEL 8.2). Stefanie Chiras, vice-presidente e gerente-geral do Red Hat Enterprise Linux na Red Hat, posiciona o RHEL 8.2 como a ferramenta que oferece capacidades de monitoramento proativas e inteligentes e ferramentas de container prontas para empresas, "permitindo que a TI atenda às atuais necessidades cruciais enquanto se mantém pronta para um futuro nativo em cloud".

Segundo a companhia, o RHEL 8.2 foi projetado para atender as necessidades da era da cloud híbrida, ampliando as capacidades de monitoramento e performance da plataforma, reunindo novos recursos inteligentes de gerenciamento e monitoramento. No fim, diz a Red Hat, oferece uma experiência mais tranquila para os usuários e ferramentas aprimoradas de containers.