Home  >  Inovação

Xiaomi trabalha em máscara inteligente que se autodesinfetaria

Batizado de Projeto Ari, máscara contaria com filtro tipo N95 substituível e desenho que a tornaria mais confortável

Redação

07/05/2020 às 16h00

Foto:

Em meio à pandemia de covid-19, onde o uso de máscaras passa se tornar uma exigência em todo o mundo, a Xiaomi informou que trabalha em uma máscara inteligente que teria um sistema de limpeza próprio, além de recursos que não comprometeriam o reconhecimento facial de smartphones para destravar telas.

Com o nome de Project Aeri, a máscara, entretanto, ainda é um protótipo testado pela Huami, a subsidiária da Xiaomi com foco em acessórios para o corpo. A empresa divulgou algumas imagens e detalhes do produto, que terá um filtro tipo N95 substituível, seguindo o padrão que garante maior proteção contra agentes infecciosos.

A grande diferença da máscara inteligente da Xiaomi e as outras do mercado estaria na barreira contra vírus e outros microorganismos. Ela seria feita de um material transparente e flexível, que se ajusta ao formato do rosto, o que tornaria a máscara mais confortável. Mesmo com a maior parte da face coberta, seria ainda possível ver as expressões do usuário e conseguir acesso a aparelhos com travas por reconhecimento facial. Filtros ficariam nas laterais, junto com um ventilador, que impediria o material transparente de embaçar com a respiração.

Inteligente e para vestir

Mas você deve estar se perguntando como ela se higieniza sozinha, certo? Segundo a Huami, a máscara possui um dispositivo embutido, de onde saem raios ultravioletas que eliminam vírus, quando o acessório não está em uso.

Completariam ainda a parte "inteligente" da máscara um sensor que analisa o Índice de Qualidade do Ar, com dados em tempo real, e informações extras sobre umidade, frequência respiratória do usuário e expiração do filtro. Para essas funções, o acessório precisa estar carregado e por isso possui uma entrada tipo USB-C.

Dois desenhos foram divulgados até agora. Os designs mostram também que a máscara terá peças que permitiriam uma expansão do produto: um visor removível para proteger parcialmente os olhos.