Home  >  Sem Categoria

Após crescimento de seus serviços, Microsoft lança novo pacote 365

Office 365 passa a se chamar "Microsoft 365", e conta com inteligência artificial e serviços baseados em nuvem

Marystela Barbosa

06/04/2020 às 18h08

microsoft 365
Foto: Shutterstock

Legenda: microsoft 365

A Microsoft anunciou que, a partir de 21 de abril, o Office 365 passará a se chamar Microsoft 365. O novo produto une as já conhecidas soluções do Office 365 com novos produtos, inteligência artificial e outros serviços baseados em nuvem. O Office 365 Personal e o 365 Home serão substituídos, na data, pelas assinaturas Microsoft 365 Personal e 365 Family, respectivamente. As mudanças acontecerão gradativamente e, nos próximos meses, atingirão todos os mais de 38 milhões de assinantes do pacote Office.

Word

Entre as mudanças, um destaque é a expansão do Microsoft Editor, que terá agora uma inteligência artificial disponível em 20 idiomas e acessível no Word e no Outlook.com, além de uma extensão de navegador independente para o Microsoft Edge e o Google Chrome. Uma das ferramentas é o "Reescrever Sugestões", que permitirá que o autor selecione uma área do texto e receba ideias da IA para reformular frases completas.

Ainda para os textos, pela primeira vez no Word, o verificador de similaridade do Editor utilizará recursos de verificação de plágio para ajudar os escritores a criarem conteúdo original e, quando necessário, inserir citações relevantes diretamente no documento com apenas um clique. "Essa ferramenta permite que os escritores se concentrem menos na mecânica da escrita e mais no conteúdo. E os professores adoram que o verificador de similaridade ajude os alunos a aprender como citar o conteúdo adequadamente", diz o comunicado.

PowerPoint

Uma novidade do novo pacote é o "Coach" do PowerPoint. Enquanto o usuário ensaia uma apresentação, o Presenter Coach usa inteligência artificial para detectar se o usuário está falando rápido demais, utilizando "muletas linguísticas! ou apenas lendo o texto dos slides.

Dois novos recursos de IA estarão disponíveis no PowerPoint Presenter Coach exclusivamente para assinantes do Microsoft 365: refinamento de tom e fala monótonos. Com tom monótono, o Presenter Coach ouvirá o tom de voz e fornecerá feedback em tempo real para sugerir a adição de algumas variações, quando necessário. Com o refinamento da fala, o Presenter Coach fornecerá sugestões gramaticais, incluindo a melhor forma de expressar durante a apresentação. Esses novos recursos do Presenter Coach estarão disponíveis para todos por meio de uma visualização gratuita e, eventualmente, apenas para assinantes do Microsoft 365.

Excel

Uma das ferramentas mais utilizadas da Microsoft, o Excel, também apresentará novidades. A companhia anunciou o Money in Excel, uma nova solução para assinantes do Microsoft 365 que facilita o gerenciamento, o rastreamento e a análise de dinheiro e gastos em um único local.

Um processo desenvolvido pelo Plaid permite conectar contas bancárias e de cartão de crédito ao Money in Excel, para que seja possível importar transações e saldos de conta automaticamente e criar uma pasta de trabalho personalizada, aproveitando os recursos avançados do Excel. "O dinheiro no Excel pode ajudá-lo a melhorar seus hábitos de gastos, fornecendo informações personalizadas sobre seus gastos mensais e alertas proativos sobre alterações de preços para pagamentos recorrentes, taxas bancárias, avisos de cheque especial e muito mais. O Money in Excel fornece as ferramentas para ajudá-lo a alcançar seus objetivos financeiros", diz o comunicado. A princípio, a ferramenta estará disponível apenas nos EUA.

Coronavírus

Por causa da pandemia de coronavírus, a Microsoft viu o acesso a alguns de seus serviços crescer de forma exponencial. No fim de março, a empresa anunciou que o volume de bate-papo no Microsoft Teams aumentou 50%, enquanto as reuniões em vídeo e áudio aumentaram 37% em comparação com a semana anterior. 

Durante a quarentena, o Skype também teve um crescimento recorde. Aumentou em cerca de 70% sua base de usuários, que hoje soma cerca de 40 milhões de contas.