Home  >  Negócios

Slack integrará recurso de chamada na plataforma Microsoft Teams

Junção de recursos tem como objetivo “pegar carona” no crescente uso de soluções remotas, ocasionado após o surto de Covid-19

Da Redação

31/03/2020 às 14h00

Foto: Shutterstock

A plataforma de conversação corporativa Slack planeja integrar os recursos de chamada do Microsoft Teams em seu próprio aplicativo, aprimorando ainda mais as conexões disponíveis entre as plataformas rivais. 

"Estamos trabalhando nas integrações do Teams para recursos de chamadas", disse o Co-Fundador e CEO da Slack, Stewart Butterfield, durante uma ligação com um analista financeiro na quinta-feira, segundo a CNBC

Detalhes sobre a integração, incluindo um prazo para disponibilidade, não foram concedidos imediatamente. 

Unidos pela demanda 

 O Slack, que anunciou uma grande reformulação na semana passada, já se integra ao Teams de diferentes formas. A empresa anunciou no ano passado que se conectaria a vários aplicativos do Office 365 de várias maneiras. Isso inclui a capacidade de exportar e-mails do Outlook para o Slack, além de visualizar arquivos do Word, Powerpoint e Excel sem alternar entre as ferramentas. 

Embora as duas empresas sejam consideradas concorrentes no mercado de fluxo de trabalho colaborativo, são esperadas integrações entre as duas plataformas rivais.

O Slack se orgulha de ter uma grande variedade de integrações disponíveis para os usuários, com mais de 2.000 ferramentas de terceiros em sua loja de aplicativos. 

Ambos os aplicativos tiveram um grande aumento de uso nas últimas semanas, com o surto do Covid-19 forçando mais pessoas a trabalhar em casa.

O Teams, que foi lançado em 2017 e substituiu o Skype for Business como a principal ferramenta de videoconferência da Microsoft, agora têm 44 milhões de usuários ativos diariamente – sendo que 12 milhões foram adicionados em uma semana com o aumento do trabalho remoto. 

"Esta é uma relação simbiótica: o Slack não quer o mercado de videoconferência, e a Microsoft reconhece o significado do Slack e sua crescente base de clientes corporativos", disse Wayne Kurtzman, Diretor de Pesquisa da IDC

“Na minha opinião, Slack e Microsoft trabalham melhor juntos, e isso ressalta o que uma parceria Slack pode oferecer à Microsoft", disse ele. "Não me surpreenderia ver mais empresas selecionando as integrações Slack e Microsoft Teams que são muito benéficas para clientes com necessidades em rápida evolução”, complementa. 

Butterfield anunciou, em uma série de tweets esta semana, que o uso aumentou rapidamente à medida que a demanda por ferramentas de colaboração em equipe cresce. 

O número de usuários simultâneos cresceu de 10 milhões em 10 de março para 12,5 milhões em 25 de março, principalmente nas áreas mais afetadas pelo surto; a taxa de criação de novos espaços de trabalho do Slack aumentou "centenas de por cento" entre 12 e 25 de março, informou a empresa.