Home  >  Plataformas

Operadoras cobram mais agilidade para instalação de antenas

Urgência vem no encalço da pandemia do coronavírus, que tem colocado grande parte das pessoas em home office e confinamento

Da Redação

26/03/2020 às 19h00

Foto: Shutterstock

As operadoras de telefonia e internet móvel cobraram das autoridades municipais mais agilidade para a autorização de licenças para a instalação de antenas. Segundo comunicado da SindiTelebrasil, o pedido está sendo endereçado principalmente a grandes cidades, que apresentam mais dificuldades de instalação de antenas, como São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Florianópolis e Manaus.

O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel celular e Pessoal aponta que, em diversas cidades brasileiras há atraso de mais de um ano nos processos de liberação das licenças para instalação de antenas de telecomunicações, em função da burocracia de processos e de leis municipais desatualizadas.

"Ao todo, existem mais de 4 mil pedidos de instalação de antenas em todo o País, aguardando a liberação de licenças pelos municípios", diz o organização. A instalação de antenas é feita seguindo o rigor das normas técnicas da Anatel e respeitando a legislação.

A urgência do SindiTelebrasil vem no encalço da pandemia do coronavírus, que tem colocado grande parte das pessoas em home office e confinamento.

"O setor espera a compreensão e engajamento das autoridades municipais, nesse esforço coletivo de combate ao coronavírus, e solicita a liberação imediata das licenças para instalação de antenas. A conectividade, neste período de dificuldades de deslocamento e necessidade de confinamento, é elemento chave para viabilizar as relações pessoais, de saúde, de estudo e de trabalho", informa o sindicato.