Home  >  Negócios

Netflix cria fundo de US$ 15 milhões para ajudar profissionais durante coronavírus

Valor total, de US$ 100 milhões, será direcionado majoritariamente para produções próprias

Da Redação

24/03/2020 às 14h00

Foto: Shutterstock

Assim como o acontecido com a Rede Globo, que paralisou a gravação de novelas para evitar uma expansão do Covid-19, a Netflix também interrompeu a gravação de títulos como The Witcher e Stranger Things para evitar o contágio da pandemia. Para auxiliar esse público, a empresa anunciou a criação de um fundo de US$ 100 milhões.

Apresentado por Ted Sarandos, Diretor Criativo da empresa, o valor será aplicado para todas as pessoas que estariam envolvidas nas produções, de cinegrafistas a motoristas e carpinteiros. Além desse valor, a plataforma de streaming pagará duas semanas de trabalho para as pessoas envolvidas nas produções que foram paralisadas.

“Esta comunidade tem apoiado a Netflix nos tempos bons, e queremos ajudá-los nesses momentos difíceis, especialmente enquanto os governos ainda estão descobrindo que tipo de apoio econômico eles fornecerão”, disse o chefe de conteúdo da Netflix, afirmou Sarandos.

Além do valor para os parceiros, a companhia afirmou que direcionará US$ 15 milhões para organizações em fins lucrativos que ajudam profissionais do setor em locais onde a Netflix possui uma rotina consolidada de gravação.