Home  >  Negócios

Facebook anuncia ferramenta do Messenger e hackaton para combater coronavírus

Solução apresenta informações sobre prevenção da pandemia; hackaton terá como foco criação de outras soluções na plataforma

Da Redação

24/03/2020 às 8h00

Foto: Shutterstock

O Facebook anunciou nesta segunda-feira (23) dois projetos realizados dentro do serviço de mensagem Messenger focadas em mitigar a desinformação a respeito do novo coronavírus (Covid-19). 

A primeira, feita em parceria com a comunidade de desenvolvedores que trabalha com soluções da empresa, é o uso de toda a experiência de comunicação em bot disponível no serviço para permitir que perfis de organizações de saúde possam utilizar suas páginas para apresentar informações atualizadas e confiável sobre a pandemia.  

O primeiro exemplo vem da vizinha Argentina: o serviço de mensagens criado dentro da página do Ministério da Saúde permite ao usuário obter dicas de prevenção, entender os sintomas da doença e compreender a importância da política de isolamento, além de direcionar outros canais de contato, como telefone, site na internet e página com informes diários publicados pelo Ministério. 

Com base nesse case, a empresa lançou um programa global no qual propõe conectar outras organizações de saúde com desenvolvedores que podem auxiliar as instituições a implementar essas soluções dentro do mensageiro. De acordo com a página, é possível implementar a solução em até um dia, dependendo da complexidade de fluxo e informações que a organização deseja inserir. 

“Os desenvolvedores ajudarão em tarefas como automatizar respostas a perguntas comuns, o que pode aliviar parte da carga de funcionários sobrecarregados”, explica em comunicado Stan Chudnovsky, VP da plataforma Messenger. 

“Eles também mostrarão a essas organizações como compartilhar atualizações com mais eficiência para o seu público-alvo e como fazer a transição perfeita de conversas automatizadas para conversar com uma pessoa viva, quando necessário”, resume. 

Hackaton  

Na mesma mensagem, Chudnovsky também comunicou que a organização empresa realizará um hackaton on-line em busca de outras soluções que, implementadas dentro do Messenger, possam ajudar a manter as pessoas informadas - e também entretidas, vide o longo período de isolamento social. 

Interessados podem se inscrever na newsletter criada pelo Facebook para comunidade desenvolvedora, a fim de obter mais infos. Os profissionais com as melhores ideias receberam suporte da equipe da companhia para viabilizar a solução e também terão todas as despesas cobertas para comparecer à edição 2021 da F8, a conferência anual do Facebook, cancelada neste ano devido ao coronavírus.