Home  >  Negócios

iFood anuncia ações de suporte a entregadores e restaurantes durante coronavírus

Startup anunciou a criação de fundos para ambos os públicos e irá antecipar recebimentos de restaurantes para aumentar fluxo de caixa

Da Redação

23/03/2020 às 11h02

Foto: Shutterstock

A startup de entregas iFood comunicou recentemente medidas que serão tomadas a partir de 2 de abril para dar suporte aos restaurantes e entregadores que atuam dentro da plataforma.   

Além do fundo de R$ 1 milhão para entregadores (que será dado nos 14 dias de quarentena, com base no valor ganho por 30 dias anteriores ao contágio) anunciado anteriormente pela empresa, o iFood lançou outro fundo - de R$ 50 milhões para prestar assistência a restaurantes, com foco nos estabelecimentos locais. 

Além disso, a empresa também comunicou que disponibilizará até R$ 600 milhões de sua receita para realizar a antecipação de recebíveis desses estabelecimentos, que durante os meses de abril e maio receberão o retorno doso pagamentos em até 7 dias. 

O iFood também informou que todas as taxas cobradas dentro do serviço “Pra Retirar”, no qual os próprios usuários pegam o pedido nas lojas — serão devolvidas de forma integral aos restaurantes parceiros, como forma de auxiliar nos cortes de custos que ocorrerão por conta do fechamento dos salões 

No comunicado, a startup também ressaltou o uso de uma ferramenta em seu app que podem ser úteis para a prevenção do Covid-19:  a opção ‘Entrega sem Contato’, recurso que também será repassado aos restaurantes por meio da comanda impressa pelo gestor de pedidos.