Home  >  Negócios

Empresas listadas no Brasil perderam R$ 1 trilhão em valor de mercado desde o início de 2020

Apenas nesta segunda, diminuição do valor de mercado ultrapassou os R$ 400 bilhões; Petrobras, Vale e Bradesco 'lideram' o ranking

Da Redação

10/03/2020 às 9h00

Foto: Shutterstock

A plataforma Economática, focada na análise da ações e de fundos de investimento, apresentou na tarde desta segunda (9) dados mostrando que somente no pregão da última segunda - no qual a Ibovespa apresentou a maior queda desde 1998, de 12,17% - as empresas listadas na B3, a bolsa brasileira, perderam R$ 431 bilhões em valor de mercado apenas no dia de ontem, que ficou registrado como um dia de recordes de quedas para o sistema financeiro nacional.

A queda foi tão forte que, no início da tarde, a B3 ficou por volta de 30 minutos em circuit-breaker, mecanismo que interrompe a sessão como objetivo de "acalmar" o mercado em situações mais urgentes, para impedir que o medo ou a ansiedade derrubem ainda mais os números. A última vez que o recurso foi usado havia sido em 18 de maio de 2017, no anúncio da gravação entre o então presidente Michel Temer e o empresário Joesley Batista.

De acordo com analistas, a queda da bolsa na segunda-feira ocorreu por conta da derrubada de até 31% no preço do brent (como é chamado o petróleo extraído no Oriente Médio e Mar do Norte), após a Arábia Saudita reduzir o valor do barril como forma de pressionar o mercado russo, que não entrou em acordo para diminuir a produção do commodity por conta do coronavírus.

Analisando apenas os resultados de segunda, a Petrobras foi a empresa que fechou o dia com a maior queda (29,7%), perdendo R$ 91,12 bilhões em valor de mercado. A companhia de petróleo foi seguida pela Vale, que caiu 15,2% e perdeu R$ 34,7 bilhões em valor de mercado. A tríade, de acordo com os dados da Economática, foi encerrada pelo Bradesco, que registrou perdas de R$ 18,4 bilhões em valor de mercado.

Ao somar toda a movimentação do mercado desde o início de 2020, as empresas listadas na B3 perderam R$ 1,008 trilhão em valor de
mercado, segundo a análise da Economática.

*Com informações do Infomoney e Reuters

Tags