Home  >  Inovação

Em 2023, 5G será responsável por 6% das conexões móveis no Brasil

Relatório da Cisco também aponta crescimento de velocidades e melhor experiência de uso para conexões mobile

Da Redação

24/02/2020 às 16h00

Foto: Shutterstock

Apesar de a implementação do 5G estar em fase inicial no Brasil, a tecnologia já estará começando a trazer mudanças na forma como as pessoas se conectam no país. Ao menos, essa é a percepção trazida pelo Cisco Annual Internet Report, que analisa a expansão da conexão ultrarrápida pelo mundo e traz resultados focados em nosso país. 

De acordo com as informações do relatório, as conexões 5G representarão 6% do total de conexões móveis do país, que também presenciará um crescimento do uso do 4G: de 53,8% (em 2018) para 58,4%.  

Apesar da aparente contradição, o número é positivo pois indica que uma maior parcela da população, que ainda utiliza conexões 2G ou 3G, conseguirão acessar internet de maior qualidade. Esse resultado é reforçado por outro percentual apresentado no relatório para 2023: neste ano, a conexão 3G representará 29,6%, contra os 46,1% registrados em 2018. 

O país também experimentará um crescimento acentuando em velocidades de conexão de hotsposts de Wi-fi públicos e privados. Segundo relatório da Cisco, ambos os setores crescerão 5 vezes entre até 2023, atingindo 23,8 milhões de conexões públicas (das atuais 4,6 milhões) e 23,5 milhões de acessos privados (que atualmente estão em 4,4 milhões de homespots.  

Falando de velocidades, a conexão móvel aumentará 4,6 vezes, saindo de 8,9 Mbps em 2018 e chegando a 41,1 Mbps em 2023; a banda larga fixa também crescerá em um ritmo parecido, 4,1 vezes, saindo de 16,9 Mbps em 2018 para 69,4 Mpbs em três anos. Por último, a velocidade média de dispositivos móveis aumentará 2,9 vezes, partindo de 10,6 Mbps em 2018 para 31 Mbps em 2023. 

Números globais 

O Cisco Annual Internet Report também apresentou previsões globais para o aumento das conexões citadas acima. Trazemos os resultados abaixo: 

Projeções globais de usuários de internet e internet móvel mundiais para 2023 

  •  Mais de 70% da população mundial (5,7 bilhões de pessoas) terá conectividade móvel (2G, 3G, 4G ou 5G); 
  •  66% da população mundial (5,3 bilhões de pessoas) usará internet. 

Projeções globais de conexão móvel para 2023 

  •  45% de todos os dispositivos em rede terão conexão móvel (3G ou inferior, 4G, 5G ou Área Ampla de Baixa Potência [LPWA, na sigla em inglês]), e 55% estarão conectados por cabo ou Wi-Fi; 
  • As conexões mundiais de 5G constituirão 10,6% de todas as conexões móveis; 
  • Em 2023, as conexões mundiais de LPWA representarão 14,4% do total das conexões móveis, comparado com 2,5% em 2018. 

Projeções globais de Wi-Fi para 2023 

  •  O número mundial de hotspots de Wi-Fi será quadruplicado entre 2018 e 2023. Existirão cerca de 628 milhões de hotspots públicos no mundo, contra 169 milhões em 2018; 
  • O número mundial de hotspots de Wi-Fi6 crescerá 13 vezes entre 2020 e 2023, passando a representar 11% de todos os hotspots públicos de Wi-Fi.