Home  >  Segurança

Brasil foi o país que mais recebeu e-mails fraudulentos no final de 2019

Datas como Natal e Black Friday impulsionaram prática criminosa, que aumentou globalmente 9,5% em comparação com o ano de 2018, afirma Kaspersky

Da Redação

13/02/2020 às 11h00

Foto: Reprodução

O final de ano, com datas como Natal e Black Friday, são oportunidades encontradas por pessoas maliciosas par a aproveitarem o grande fluxo de compras e tentar enganar consumidores desavisados. De a acordo com análise da companhia de segurança Kaspersky, essa prática se manteve firme e forte durante o final de 2019. 

De acordo com dados da empresa, a participação das mensagens fraudulentas com temas financeiros (prática conhecida como phishing financeiro) manteve o crescimento, ultrapassando mais da metade (52,61%) de todas as tentativas de phishing no quarto trimestre – contra 43,19% registradas em 2018 - crescimento acima dos 9% 

Os brasileiros foram o povo que recebeu mais mensagens falsas: aumento de 17,3% na semana da Black Friday, em comparação com a semana anterior.

Esse tipo de ameaça se consiste em um ladrão enviando um e-mail muito parecido com os disparados por lojas de e-commerce, solicitando ao usuário que preencha alguns dados financeiros para concluir a compra. Ou, em alguns casos, vendendo algum produto por um preço bem abaixo do mercado - mas que nunca chegará à casa do comprador ou compradora. 

"O fim do ano é um momento para compras por impulso e decisões precipitadas. A pressão para conseguir um bom negócio ou a busca por um presente acaba deixando alguns usuários distraídos, o que ajuda no sucesso de um ciberataque", comenta Tatyana Sidorina, analista de segurança da Kaspersky. 

Como se proteger

Para não cair nesse tipo de armadilha digital, a companhia lista os seguintes conselhos: 

  • Ao receber uma ótima oferta por e-mail ou SMS, cheque o endereço do site na barra superior - às vezes, ele pode ser diferente do que é visível. Caso isso aconteça, acesse a página da oferta diretamente pelo site legítimo 
  • Faça compras somente em lojas oficiais e conhecidas, prestando atenção aos endereços web para o qual você foi direcionado. Se o endereço for diferente do oficial, considere procurar a oferta na página oficial ou entre com contato com a loja por telefone. 
  • Nunca use a mesma senha em vários sites ou serviços, pois se a senha for roubada, o criminoso terá acesso a todas as contas. Para criar senhas fortes e à prova de hackers, sem ter que se lembrar de todas elas, use gerenciadores de senhas.  

Tags