Home  >  Negócios

Oi busca parceiro para ampliar investimentos em fibra óptica

Objetivo da companhia é se posicionar como principal fornecedora da infraestrutura dentro do país

Da Redação

10/02/2020 às 12h00

Foto: Shutterstock

Em um momento no qual a tecnologia de fibra ópticas se tornou a tecnologia mais usada no Brasil para acessos de banda larga fixa à internet, a operadora Oi estaria buscando um investidor para ampliar sua atuação dentro da área - considerada vital para que a companhia saída do processo de recuperação judicial. 

Para isso, a empresa está em vias de contratar uma gestora de ativos e consultoria financeira, que ficaria à cargo de estruturar o modelo de investimento para otimizar o processo de implementação da fibra, de acordo com reportagem do jornal Valor Econômico

Em outubro, a operadora anunciou que oferece o serviço de internet por fibra ótica ao usuário (conhecido pela sigla inglesa FTTH) em 76 municípios, alcançando mais de 500 mil clientes e com mais de 360 mil quilômetros de fibra instalada.

Dentro do tripé de serviços fornecidos pela marca (telefonia, TV e banda larga) a expansão de serviços de internet é vista como a fonte de maior receita e investimentos prioritários para a companhia. 

Além de uma provável parceria, Oi reforçará os investimentos com fibra ótica utilizando parte do valor adquirido com a venda de sua participação na operadora angolana Unitel, que gerou US$ 1 bilhão para a companhia.  

Mas não é só a companhia carioca que está investindo na tecnologia. A Telefônica (que no Brasil também detém a marca Vivo) já anunciou que irá expandir suas tecnologias de conexão fixa e móvel. Atualmente, sua rede de fibra está em 165 municípios. 

A TIM também comunicou que irá realizar aportes de R$ 12 bilhões até 2021, com foco especial no setor de infraestrutura. Sua banda larga em fibra óptica chega em 26 cidades - número que deve ultrapassar a marca de 40 até o final de 2020.