Home  >  Inovação

Mercado de carros autônomos contribuirá com US$ 13,7 bilhões até 2030

Segundo Statista, um em cada 10 carros será totalmente automatizado. Táxis sem motorista contribuirão com cerca de US$ 1,2 trilhão do mercado global

Da Redação

10/02/2020 às 16h00

Foto: Shutterstock

Nos últimos anos, o mercado global de veículos autônomos têm avançado e incentivado a colaboração entre montadoras e empresas de tecnologia. Embora ainda não estejam prontos para a implantação pública, um novo relatório da Statista mostra que a expectativa é de que um em cada 10 carros seja totalmente automatizado ate 2030.

Só nos Estados Unidos, a contribuição dos carros autônomos deve ser US$ 13,7 bilhões na próxima década. O estudo afirma, ainda, que os táxis sem motorista compreenderão uma parcela significativa do mercado global, contribuindo com cerca de US$ 1,2 trilhão. A General Motors (GM), por exemplo, planeja lançar um serviço de táxi sem motorista chamado "Cruise", que recebeu financiamento de US$ 3,4 bilhões em 2018.

Embora as empresas estejam gastando bilhões em P&D da tecnologia, existem obstáculos à adoção de veículos autônomos, como a falta de confiança do consumidor, a maturidade dos sistemas e a segurança cibernética. Segundo o levantamento, quase 80% dos motoristas não confiam em veículos autônomos por questões de segurança e mais de 70% dos consumidores acreditam que os sistemas não estarão a salvo de hackers.

Conforme apontado no relatório, Califórnia (EUA), Pequim (China) e Hamburgo (Alemanha) são locais ativos para testes de veículos autônomos. A expectativa é de que até 2021, a cidade de Hamburgo já conte com transporte público autônomo. Em 2019, empresas como Uber, Apple, Toyota, Waymo e GM acumularam mais de dois milhões de quilômetros em testes - ainda assim, houve mais de 145.402 desligamentos - momentos em que os sistemas autônomos não souberam lidar com determinadas situações.