Home  >  Negócios

Sem Parar adota solução da Pure Storage para avançar Business Intelligence

Solução FlashArray está auxiliando tomada de decisões e avançando jornada de transformação digital

Da Redação

24/01/2020 às 16h00

Foto: Shutterstock

A Pure Storage anunciou nesta semana uma parceria com o Sem Parar, empresa de Sistema de Identificação Automática de Veículos que atua no estado de São Paulo. A companhia adotou as soluções de dados da Pure para melhorar a produtividade dos colaboradores e otimizar a experiência dos clientes. A iniciativa tem como objetivo aprimorar a tomada de decisões da equipe de Business Intelligence (BI) do Sem Parar.

Com a necessidade de aumentar a agilidade e a entrega de inteligência, a Sem Parar está utilizando a solução FlashArray para impulsionar a sua jornada de transformação digital.

"Ao eliminar os gargalos de BI, reduzir o tempo de resposta e atingir uma taxa de redução de dados de 4:1 para remover duplicatas e aliviar a carga de dados pela metade, obtivemos um desempenho muito superior ao que tínhamos”, explica Marcelo Maluta, gerente de Infraestrutura e Serviços no Sem Parar. “Estamos constantemente evoluindo nosso modelo de negócios para garantir que os clientes aproveitem cada vez mais a tecnologia, de forma que o meio de pagamento seja um facilitador, não um obstáculo ou perda de tempo”, acrescenta.

Segundo a Pure Storage, a tecnologia já foi capaz de eliminar os gargalos de BI, com o tempo de execução apresentando redução de 11 horas para 4 horas. Além disso, o tempo de resposta de aplicações foi reduzido de 15 milissegundos para menos de 1 milissegundo, quadruplicando o desempenho do armazenamento de dados.

Para Paulo de Godoy, gerente geral da Pure Storage, a integração das tecnologias permite melhores experiências de dados e meios de pagamento, transformando o cotidiano do operacional e do cliente final.

“A oferta da Pure está totalmente alinhada com os objetivos de negócios do Sem Parar. Somos duas empresas com forte presença no mercado para entregar aos clientes agilidade, serviços sem interrupções, e eliminar ou encurtar o tempo de inatividade", conclui o executivo.

Tags