Home  >  Negócios

Mozilla demite ao menos 70 pessoas para focar em novos negócios

De acordo com a chairwoman Mitchell Baker, decisão foi tomada pela falta de receita da empresa

Da Redação

16/01/2020 às 12h00

Foto: Shutterstock

A Mozilla Corporation, subsidiária da Mozilla Foundation, anunciou na quarta (15) a demissão de ao menos 70 funcionários, número que pode aumentar já que a empresa também está planejando cortas posições em países como França e Reino Unido. Mundialmente, a empresa contabiliza 1,100 funcionários. 

Em e-mail enviado por Mitchell Baker, chairwoman e CEO interina da firma, a companhia explicou que acreditava fechar o ano de 2019 já com uma receita considerável vinda de seus novos produtos de assinatura, o que não aconteceu.  

  • Leia na IT Trends 

Para não estourar as contas, segundo a mensagem, a empresa decidiu realizar as demissões e, em paralelo, investir na divulgação e melhoria de seus novos produtos. No mesmo comunicado, a firma comunicou que iria alocar US$ 43 milhões em iniciativas inovadoras da marca. 

“Estamos fazendo isso com o maior respeito por todas as pessoas afetadas e vamos nos esforçar ao máximo para apoiá-las, fornecendo generosos benefícios para o momento na demissão e suporte para encontrar um novo trabalho”, escreveu Baker na mensagem. 

Em postagem também publicada na quinta dentro do blog corporativo, a chairwoman reforçou que o principal movito dos cortes foi otimização de despesas e redirecionamento de verba para investir em novos produtos. Há tempos, a empresa vem buscando outras fontes de renda além de publicidade, como investimentos em soluções de segurança, como VPNs. 

*Com informações do TechCrunch 

Tags