Home  >  Carreira

Futuro do trabalho: 5 habilidades valiosas para se desenvolver ao longo do ano

Existem competências que, quando exercitadas te deixam mais apto para encarar os desafios da vida profissional; conheça algumas

Da Redação

11/01/2020 às 12h00

Foto: Shutterstock

Com o fenômeno da transformação digital se tornando cada vez mais presente dentro do mundo corporativo, cresce a percepção de que não só este ano, mas a próxima década irá desafiar todo o mercado a se aventurar em novos tipos profissões e relações corporativas. 

E, apesar da capacidade técnica ainda se mostrar um fator crucial para a carreira, as soft skills (ou habilidades comportamentais) se tornam cada vez mais decisivas quando se fala em desenvolvimento profissional e ascensão de carreira, pois desenvolver habilidades possíveis apenas para o ser humano será destaque dentro de um mundo automatizado. 

  • Leia na IT Trends 

Plano de carreira: saiba a forma certa de estruturar o seu 

5 dicas para turbinar seu perfil no LinkedIn 

E quais características é preciso desenvolver para navegar nesta fase de transformação do trabalho? Abaixo, apresentamos cinco aspectos que com certeza contribuirão muito para que você lide com esse momento de forma mais segura e tranquila. Confira:  

Exercite sua adaptabilidade 

Se adaptar rapidamente à cultura de uma empresa, sabendo dosar resiliência e flexibilidade, serão características importantes nos próximos anos, especialmente dentro de um cenário em que os empregos e atividades tendem a mudar de forma drástica nos próximos anos. 

Uma sugestão é tentar encarar as mudanças menos como um aborrecimento e mais como uma oportunidade de se testar em competências que antes não eram necessárias. 

Fomente o lado criativo 

Já bastante valorizada, essa habilidade se tornará ainda mais necessária em diversos setores além dos em que ela em geral já é utilizada. Especialmente se esse talento for dedicado a se familiarizar com as novidades tecnológicas. 

Isso porque as empresas procurarão pessoas que possam trabalhar com tecnologia e fazer o melhor uso de sua criatividade, até trabalhando ao lado de um "cobot" - robôs colaborativos que trabalham com seres humanos em tarefas.  

Ao contrário do que se pensa, a criatividade é uma competência que pode ser aprimorada ao longo do tempo. Como? Se mantendo informado dentro da sua área ou em setores parceiros, além de estar antenado com as novidades tecnológicas. Tecnicamente falando, ser criativo é ter boas ideias a partir de referências construídas pela experiência. 

Desenvolva inteligência emocional 

Quem já tenta melhorar suas competências de socialização, fazendo um esforço consciente para se concentrar no que está sendo dito e também focando na linguagem corporal do falante e em outras pistas, se tornará um profissional valioso no futuro.  

Não só por terem uma convivência mais fácil com a equipe, mas pelo fato de que a pessoa tem flexibilidade para se ajustar em diferentes setores e com pessoas de perfis variados. Treinamento e a orientação para desenvolver essa habilidade também se tornarão uma parte essencial do gerenciamento de equipes em mudança de maneira eficaz.  

Acompanhe e procure compreender o mercado de tecnologia 

Não tem jeito: compreender e saber a aplicação de termos como realidade virtual e inteligência aumentada serão aspectos serão exigências cada vez mais requisitadas dentro das empresas.  

Isso porque os gestores precisarão de colaboradores que entendam como essas tecnologias podem ser utilizadas para otimizar o trabalho ou entregar uma nova experiência ao seu público-alvo. Felizmente, plataformas como Wikipédia e YouTube possuem conteúdos sobre essas novidades, muitas vezes explicados de forma bem didática e fácil de entender. 

Construa seu marketing profissional 

Todas as pessoas que estão dentro do mercado de trabalho precisarão melhorar a forma como cuidam de sua marca profissional on-line, porque o cenário se tornará cada vez mais competitivo e ter referências on-line contará pontos ao seu favor. 

Para reforçar sua presença on-line, vale conversar com colegas de trabalho para entender a melhor forma de se apresentar no meio virtual, grupos que vale participar de forma mais ativa e conexões que podem ser valiosas para a vida pessoal. 

* Com informações do Financial Times 

Tags