Home  >  Negócios

Para HP Inc, proposta da Xerox ainda não atende interesse de acionistas

Em carta divulgada, conselho da HP reitera que está aberto a propostas que apresentem “valor a longo prazo”

Da Redação

09/01/2020 às 11h00

Foto: Shutterstock

A HP Inc emitiu uma carta na quarta (08) afirmando que a negativa da empresa em aceitar uma fusão com a Xerox não está relacionada a fatores financeiros. A mensagem foi uma resposta ao anúncio feito na segunda (06), no qual a companhia comandada por John Visentin comunicou ter garantido US$ 24 bilhões com bancos, como forma de comprometimento com a oferta formalizada em novembro

De acordo com a nota publicada em seu site, a HP Inc. explicou que a garantia financeira não resolve o principal fator que, de acordo com o conselho, estaria travando as negociações: o fato de que uma aquisição pela Xerox poderia diminuir o valor da HP. Por isso, a empresa não faria mais comentários sobre o tema. 

  • Leia na IT Trends 

Conheça as 10 habilidades tecnológicas mais procuradas pelas empresas 

Competência fluida: o que é e o que tem a ver com a tecnologia 

Apesar da negativa, o documento afirma que o conselho continua disponível para propostas que resultem em “ valor sustentável a longo prazo para os acionistas da HP.” 

E a saga continua 

Desde o final do ano passado, a Xerox busca um acordo de negociação com a HP Inc, divisão responsável pela fabricação e venda das impressoras para o grande público. Com um modelo de negócios que abrange o mesmo produto, mas focado em empresas, a Xerox entende que a união das duas marcas fortaleceria o negócio de ambas. 

Porém, o board a HP Inc. Vem negando insistentemente as propostas apresentadas, argumentando principalmente que uma aquisição poderia prejudicar seus negócios. Especialmente, caso a Xerox acabasse se endividando com a compra e não conseguisse realizar uma boa administração das duas marcas. 

Desde o final de dezembro, a Xerox vem falando separadamente com acionistas para reunir uma parcela de apoiadores capaz de influenciar na decisão. Ao anunciar a obtenção dos US$ 24 bilhões, a empresa afirmou que a ação atendia a um dos principais pedidos feitos por esse público. 

Tags