Home  >  Plataformas

Com novos processadores, AMD busca ‘destronar’ Intel

AMD lançará sete CPUs para portáteis Ryzen 4000 para concorrer pela liderança de desempenho no setor

Gordon Mah Ung, PCWorld (EUA)

08/01/2020 às 16h30

Foto: Shutterstock

Depois de tirar a coroa de desempenho da Intel em desktops, a AMD abriu oficialmente uma segunda frente de guerra na segunda-feira (6/1). Durante a CES 2020, a companhia apresentou uma série de CPUs Ryzen 4000 para laptops que buscam superar os melhores processadores da Intel. "Em 2020, apresentaremos o melhor processador para laptop já construído", disse a CEO da AMD, Lisa Su, durante o lançamento.

A empresa detalhou nada menos que sete processadores Ryzen 4000, com base em seus núcleos Zen 2 de 7 nm. Os novos chips virão nas versões de ultra baixa potência de 15 watts "U-class" para laptops finos e leves e nos laptops "H-class" de 45 watts para jogos e criação de conteúdo.

A Ryzen 7 4800U é a versão top de linha, com 8 núcleos e 16 threads. O processador atingirá 4,2 GHz, contará com oito unidades de computação em seus núcleos gráficos Radeon, que - surpreendentemente - usam uma versão otimizada dos núcleos Vega de 7nm da empresa, em vez de se basear em sua mais recente arquitetura RDNA.

A AMD afirmou que um Ryzen 7 com 8 unidades de computação supera seus chips Ryzen 7 3000 anteriores, que tinham 11 unidades de computação. Os núcleos gráficos mais recentes do Ryzen 7 4000 oferecem 59% mais desempenho por unidade de computação em relação às gerações mais antigas, segundo a companhia.

Na realidade, a AMD não está mirando na concorrência com Ryzen 7 3000. A expectativa da empresa é destronar os chips portáteis da Intel - e se o que a AMD está apresentando durante a CES for verdade, conseguirá. A companhia explicou que o Ryzen 7 4800U, por exemplo, oferecerá cerca de 4% de vantagem sobre o mais avançado Ice Lake Core i7-1065G7 da Intel, com 10nm e desempenho single-threaded.

Ryzen 7 tem mais núcleos

Como os processadores Core de 10ª geração "Ice Lake" da Intel possuem quatro núcleos, não é surpresa que o Ryzen 7 4800U supere o Core i7-1065G7 em 90% no desempenho multithread usando o benchmark Maxine Cinebench R20. Embora a Intel tenha menosprezado o uso da modelagem 3D como uma barra de medição para laptops finos e leves, o desempenho da AMD em multithreading provavelmente também significa grandes vitórias. Utilizando o Handbrake, por exemplo, a AMD afirmou ter uma vantagem de 40% em relação ao Core i7-1065G7. Já com o Adobe Premiere CC o Ryzen 7 4800U apresenta uma vantagem de 49%.

Com o Ice Lake, a Intel melhorou bastante o desempenho gráfico dos seus chips, mas a AMD alega que não facilitará, pois os núcleos Radeon integrados do Ryzen 7 4800U superarão o desempenho do Core i7-1065G7 em 28% usando o 3DMark Time Spy como referência. A empresa também destacou jogos como Rocket League e Fortnite, dando ao Ryzen 7 vantagem.

Mais rápido que o cometa Lake U também? Sim

Atualmente, a Intel possui duas arquiteturas disponíveis sob a bandeira Core de 10ª geração, sendo a segunda o chip Comet Lake U Core i7-10710U de 6 núcleos, construído com tecnologia de 14 nm estabelecida há muito tempo. A AMD disse que o desempenho de thread único está mais próximo entre os dois, mas a vantagem de dois núcleos do Ryzen 7 4800U ainda o coloca à frente em cerca de 30 a 40%.

O calcanhar de Aquiles do Core i7-10710U são seus gráficos UHD, que oferecem metade do desempenho do Ice Lake Core i7-1065G7. As ofertas atuais da Intel basicamente obrigam os consumidores a escolher entre os gráficos superiores do Core i7-1065G7 ou o desempenho superior de vários núcleos do Core i7-10710U. Com o Ryzen 7 4800U, a AMD afirma que o público pode desfrutar do melhor desempenho gráfico e multi-core.

Duração da bateria

O desempenho geral não é o único fator importante quando se pensa em laptops - a duração da bateria também deve ser considerada. Infelizmente, a AMD não divulgou detalhes concretos sobre como os chips Ryzen 4000 se comparam aos projetos da Intel. Sobre o assunto, a AMD afirmou ainda estar nos estágios iniciais dos novos laptops com processadores Ryzen 4000 e que, portanto, ainda há muito trabalho a ser feito antes das avaliações. É possível, inclusive, que haja alterações nos chips durante essa fase.

Os novos processadores Ryzen suportam RAM LPDDR4X, o que deve ajudar muito o desempenho da plataforma, com maior largura de banda de memória, melhor duração da bateria e melhores tempos de espera. A AMD afirma que o desempenho por watt basicamente dobrou em relação aos chips Ryzen 3000.

Laptops Ryzen 4000 estão chegando

Apesar do sucesso surpreendente que a AMD tem com os processadores Ryzen nos desktops, seria um eufemismo dizer que a empresa andava conforme o esperado nos laptops. As CPUs Ryzen disponíveis até agora eram principalmente opções por orçamento e geralmente superavam em número os laptops equipados com processadores Intel. Com o Ryzen 4000, parece que a hora da AMD chegou. Haverá nada menos que 100 laptops equipados com chips Ryzen que serão lançados ao longo do ano. Ainda melhor para a AMD: muitos deles serão laptops premium, onde a empresa praticamente nunca teve sucesso. Combine bom desempenho de CPU, bom desempenho de GPU e pelo menos 100 novos laptops Ryzen 4000. Assim você pode imaginar que este ano será emocionante para os consumidores.

Tags