Home  >  Negócios

Xerox afirma ter levantado US$ 24 dos US$ 33 bilhões para compra da HP

De acordo com empresa, dinheiro foi obtido por meio de financiamentos dos bancos Citi, Mizuho e Bank of America

Da Redação

06/01/2020 às 16h00

Foto: Shutterstock

Em mais uma movimentação na proposta de compra da HP Inc., a Xerox divulgou nesta segunda (6) em sua página para investidores o anunciou de que assegurou US$ 24 bilhões de financiamento para a aquisição da HP, valor que negociado com o Bank of America, Mizuho e Citi

De acordo com comunicado assinado pelo CEO John Visentin, o esforço em levantar boa parte dos US$ 33 bilhões estimados para a compra foi realizado como um indicativo de que a companhia tem capacidade de cumprir com os termos apresentados. 

“Sempre sustentamos que nossa proposta não está sujeita a uma contingência de financiamento, mas, para remover qualquer dúvida, obtivemos compromissos de financiamento vinculativos (que não estão sujeitos a nenhuma condição de diligência prévia) do Citi, Mizuho e Bank of America”, afirmou Visentin em trecho do anúncio. 

Até o fechamento desta matéria, a HP Inc.  não havia se pronunciado sobre o novo posicionamento da Xerox. 

  • Leia na IT Trends 

Nômade de carreira: por que este profissional está em alta 

Prepare-se: 2020 será o ano da adaptabilidade, segundo a Forrester 

Para lembrar 

 A companhia de fotocópias corporativas pegou o mercado de surpresa no início de novembro, ao anunciar que estaria considerando uma oferta de US$ 27 bilhões pela aquisição da HP Inc., marca que atua no mesmo mercado, mas com foco no cliente final. 

A proposta foi, de fato, concretizada, e por um valor maior US$ 33 bilhões. Mas a mesa de diretores negou a oferta por unanimidade, afirmando em uma carta aberta que tinha desconfianças por parte da Xerox tanto no pagamento dos valores negociados como na capacidade da marca gerir a nova empresa a após a compra, já que as dívidas com credores poderiam barrar investimentos importantes para manter a competitividade do negócio. 

No final de novembro, John Visentin (CEO da Xerox) afirmou que a proposta tem base financeira e consistência econômica, e que entraria diretamente em conversas com os acionistas principais da HP Inc., já que o conselho não se demonstrava disposto a continuar com as negociações. 

O anúncio recente demonstra que a empresa continua firme no seu propósito e que, muito provavelmente, ainda teremos outros desdobramentos desse tema muito em breve. 

Tags