Home  >  Plataformas

De olho no futuro do trabalho, Citrix Workspace ganha novos recursos e integrações

Com feed inteligente e fluxos de trabalho personalizados, solução promete aumentar a produtividade dos colaboradores

Da Redação

17/12/2019 às 17h00

Foto: Shutterstock

A tecnologia que deveria agilizar o trabalho está tornando as operações mais complexas. Segundo dados levantados pela Citrix, em um dia, o funcionário médio passa quase 65% do tempo com processos e em reuniões, 20% em busca de informações e somente 15% executando as atividades pelas quais é pago.

Para auxiliar a produtividade, a companhia anunciou novos recursos para o Citrix Workspace, incluindo feed inteligente e fluxos de trabalho personalizados. Segundo a empresa, a solução promete eliminar o "ruído" digital e automatizará tarefas secundárias.

“Como consumidores, contamos com coisas como Instagram e Uber para organizar e gerenciar nossas vidas. E, com um único clique, podemos realizar o que nos propusemos a fazer”, explicou Tim Minahan, vice-presidente executivo de Estratégia e diretor de Marketing da Citrix.

"Então chegamos ao escritório e essas experiências simplificadas e personalizadas são substituídas por tecnologia emitida pela empresa, que é difícil de usar, nos atrasa, nos interrompe continuamente e nos impede de fazer um trabalho significativo."

Conforme apontado pela Citrix, ao longo de um dia típico de trabalho, os colaboradores utilizam mais de uma dúzia de aplicativos para as suas operações; são interrompidos por alertas, como textos e bate-papos, 1.110 vezes; e utilizam cerca de 20% do tempo buscando informações necessárias para executar as suas atividades.

"Quando você soma tudo, isso deixa apenas 1,2 hora de tempo ininterrupto por dia para se concentrar no trabalho e em criação de valor", afirmou Minahan.

Soluções

As previsões da IDC mostram que, até 2021, 60% das empresas da Global 200 utilizarão uma abordagem de espaço de trabalho do futuro - flexível, colaborativo e inteligente. Além disso, 10% dessas companhias adotarão o chamado espaço de trabalho as a service.

“O futuro do trabalho tornou-se tema comum para uma ampla gama de fornecedores de tecnologia e prestadores de serviços. Alguns podem articular claramente esse tema, mas é necessária uma combinação de abstração de trabalho e tecnologias de virtualização de aplicativos/clientes para fornecer o espaço de trabalho do futuro com eficiência”, declarou Shannon Kalvar, analista da IDC.

Nesse sentido, o Citrix Workspace promete otimizar o rendimento de colaboradores, permitindo atuação mais estratégica a partir de organização, orientação e automatização.

Com o uso de machine learning e micro aplicações, a solução possibilita uma experiência unificada e inteligente a partir de integrações prontas das aplicações mais utilizadas, incluindo SAP (Ariba, Concur e SuccessFactors), Microsoft (Dynamics, Power BI e Teams), Google G-Suite (Google Drive, calendário e diretório), Salesforce, Workday, Atlassian (Jira), Zendesk e ServiceNow.

"Com o Citrix Workspace, os talentos podem eliminar diversas tarefas repetitivas e concentrar seus esforços para situações mais estratégicas, além de poder trabalhar de qualquer lugar, em qualquer equipamento e a qualquer hora, promovendo mais liberdade e produtividade para a equipe", ressaltou Luis Banhara, diretor-geral da Citrix Brasil.

A Citrix afirma, ainda, que a plataforma de trabalho as a service permite automatizar tarefas repetitivas, extrair tarefas dos sistemas de registros, desenvolver etapas para simplificar atividades e criar fluxos de trabalho pessoais.

O Citrix Workspace também suporta a criação de micro aplicações e micro automação com ferramentas low-code.

Tags