Home  >  Plataformas

Twitter planeja criar novo protocolo para redes sociais

CEO Jack Dorsey quer desenvolver um padrão aberto e descentralizado para os serviços de mídias sociais

Da Redação

13/12/2019 às 11h00

Foto: Shutterstock

O CEO do Twitter, Jack Dorsey, anunciou nesta semana seus planos para criar um novo protocolo para redes sociais. De acordo com informações do Business Insider, o objetivo é oferecer uma alternativa às plataformas de mídia social tradicionais e centralizadas.

Batizada como "Bluesky", a iniciativa poderá se tornar um modelo importante para os serviços de mídia social. Para o projeto, o Twitter financiará uma equipe independente de cinco profissionais para desenvolver um padrão aberto e descentralizado.

Hoje, todos os principais serviços de mídia social funcionam como uma plataforma fechada, o que significa que os usuários não conseguem interagir com pessoas de outras redes. Caso o projeto seja bem-sucedido, as comunidades funcionarão como os e-mails, permitindo que as redes sociais possam se comunicar umas com as outras. É por isso que usuários do Gmail e do Outlook, por exemplo, podem enviar e-mails entre si.

Segundo Dorsey, o protocolo levará anos para ficar pronto, e o objetivo é que o Twitter se torne "cliente" do modelo construído.

"Esperamos que essa equipe não apenas desenvolva um padrão descentralizado para a mídia social, mas também construa uma comunidade aberta em torno dela, incluindo empresas e organizações, pesquisadores, líderes da sociedade civil, todos que estão pensando profundamente nas consequências, positivas e negativas", escreveu o executivo.

Para os especialistas, um protocolo aberto pode tornar a moderação de conteúdo ainda mais difícil. Apesar disso, Dorsey acredita que a iniciativa permitirá que a companhia "acesse e contribua para um corpo maior de conversas públicas e foque em esforços para construir algoritmos que promovam conversas saudáveis".

O executivo diz, ainda, que a abordagem pode aliviar a responsabilidade pela moderação de conteúdo das empresas, já que toda a comunidade compartilharia a função.

Tags