Home  >  Carreira

Hiperautomação reforça necessidade de novos conhecimentos

Profissionais precisam correr para se manterem ativos no mercado

Vitor Cavalcanti, CEO da IT Trends*

13/12/2019 às 13h00

Foto: Shutterstock

De um lado, empresas apostam forte na automação de processos, descartando papeis repetitivos que, no mundo digital, são vistos como desnecessários. Do outro, pessoas que assistem a essas iniciativas e trabalham para manterem-se no mercado, seja na mesma trilha de carreira com aquisição de novos conhecimentos, ou mesmo partindo para desafios propostos por esse novo contexto corporativo.

O fato é que, de acordo com a Universidade de Brasília (UnB), 30 milhões de postos de trabalho estão com forte risco de desaparecem até 2026 devido a automação de processos e a utilização de inteligência artificial.

E a fome das empresas pela automação e ganho de eficiência não para de crescer, o que acelera ainda mais a necessidade de retreinamento de pessoas em funções mais simples e tidas como os principais focos da robotização.

Um relatório do Gartner batizado de 10 tendências estratégicas de tecnologia para 2020 mostra bem esse cenário ao explorar, como um dos pontos para 2020, a hiperautomação. Na visão da consultoria, esse movimento tem potencial gigantesco de criar oportunidades e liderar grandes rupturas nos negócios.

Leia a matéria completa na IT Trends*

*IT Trends é
uma edutech que tem a missão de preparar e educar profissionais para a economia
digital por meio de informação, análises e cursos