Home  >  Negócios

Cade aprova compra da Nextel pela América Móvil, dona da Claro

Decisão ocorreu após recurso da TIM contra a fusão das empresas

Da Redação

13/12/2019 às 12h00

Foto: Shutterstock

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), aprovou nesta semana a compra sem restrições da operadora de telefonia Nextel pela América Móvil, grupo mexicano que controla as operações da Claro no Brasil. 

A autarquia já havia aprovado a integração entre as empresas, mas precisou reavaliar a questão após a operadora TIM entrar com recurso alegando que a Superintendência-Geral não havia abordado todas as questões referentes à integração e que, junção das marcas fosse aprovada, restrições poderiam ser necessárias para evitar um futuro duopólio no setor. 

O conselheiro relator Sérgio Ravagnani, responsável por avaliar o pedido, “concluiu que as condições de rivalidade observadas nesse mercado se mostraram suficientes para afastar possíveis preocupações concorrenciais, mesmo nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, onde a atuação da Nextel é mais relevante”, de acordo com nota divulgada pelo Cade. 

Anunciada em março, compra foi efetuada por US$ 905 milhões (valor que, na época, equivalia a R$ 3,47 bilhões) e teve como objetivo melhorar a qualidade do sinal entregue pela Claro — em especial nas cidades de Rio de São Paulo, principais mercados do país.