Home  >  Carreira

10 razões para você aprender a programar

Você deve ter ouvido que programação é o novo inglês. Entenda por que essa afirmação é verdadeira

Vitor Cavalcanti, CEO da IT Trends

09/12/2019 às 11h15

Foto: Shutterstock

Com certeza você deve ter ouvido que programação é o novo inglês. E seguramente é. Quando se fala de transformação digital, é preciso ter em mente que existe uma nova cultura em formação e ela traz consigo uma nova linguagem que é a digital. Ainda que você não queira ser programador, conhecer os fundamentos te ajudará a navegar melhor nesta sociedade em formação.

Recentemente, no WebSummit, Mmantsetsa Marope, diretora do Bureau Internacional de Educação da Unesco, insistiu que codificação precisa ser inserida no currículo escolar desde muito cedo. “Tem de fazer assim como fazemos com leitura e escrita. Até porque, aprender a programar é como falar outro idioma, neste caso o digital. Sem literatura digital, sem programação, não prepararemos crianças e jovens para um novo mundo”, comentou.

Mas se a diretora falava sobre preparar crianças e jovens para um futuro vindouro e profissões ainda inexistentes, temos milhões de adultos – e me incluo nessa – que precisam, de alguma forma, navegar melhor por essa literatura digital, indo ao menos um pouco além da leitura e acessando parte do ferramental para sentir, de fato, o poder transformador da tecnologia.

Pensando em tudo que está acontecendo e no volume crescente de cursos de programação que surgem, nós, da IT Trends, preparamos um e-book gratuito com 10 razões para você aprender a programar. E se você acha que elas estão apenas relacionadas à empregabilidade, ledo engano. Melhorar raciocínio lógico, ampliar criatividade e desenvolver habilidade para solucionar problemas complexos estão entre as razões pelas quais você deveria considerar ao menos um curso básico online de codificação.

Obviamente, plano B de carreira e aumento de potencial de empregabilidade estão lá, afinal, apenas no Brasil são mais de 300 mil vagas de trabalho em tecnologia não preenchidas e boa parte delas pela falta de conhecimento profundo em programação. Nos Estados Unidos, apenas para uma ideia de comparação, de acordo com o fundador da Holberton School, Sylvain Kalache, faltam atualmente 1 milhão de programadores.

Quer conhecer os 10 motivos? Clique aqui e baixe o e-book gratuito da IT Trends*

*IT Trends é uma edutech que tem a missão de preparar e educar profissionais para a economia digital por meio de informação, análises e cursos