Home  >  Negócios

Com IPO, XP Investimentos pode valer quase US$ 14 bilhões

Intervalo indicativo de preço das ações na oferta pública inicial da XP foi registrado na Securities and Exchange Commission

Da Redação

02/12/2019 às 19h31

Foto: Shutterstock

A XP Investimentos se prepara para abrir sua oferta pública inicial (IPO) na bolsa americana Nasdaq. Nesta segunda-feira (2), foi protocolado um formulário na Securities and Exchange Commission (SEC) que define o intervalo indicativo de preço das ações da XP entre US$ 22 e US$ 25. As informações são do Valor.

Segundo o documento, haverá uma oferta de venda de 72,51 milhões de ações classe A. Do montante total, 42.553.192 serão negociadas em oferta primária. As outras 29.957.449, em oferta secundária.

Os coordenadores da oferta são Goldman Sachs & Co. LLC, J.P. Morgan, Morgan Stanley, XP Investments e Itaú BBA. “A XP escolheu a Nasdaq como local de listagem porque reúne as principais empresas de tecnologia do mundo", escreveu a companhia no documento registrado na SEC. "Ao acessar novos mercados e fortalecer sua estrutura de capital, a XP continua fortalecendo sua missão principal: democratizar o acesso de milhões de brasileiros aos melhores produtos e serviços financeiros, sempre guiados por total transparência e foco nas necessidades de seus clientes", complementou a empresa fundada por Guilherme Benchimol.

Levando em consideração o maior valor da faixa indicativa, a operação poderia alcançar cerca de US$ 1,8 bilhão. Dessa forma, a XP chegaria ao mercado valendo US$ 13,8 bilhões. Com lote adicional, há, ainda, a possibilidade de o valor da oferta atingir os US$ 2,084 bilhões.

Segundo a XP, os recursos da oferta primária serão utilizados para o lançamento de novos serviços, incluindo banco digital, aquisições e crescimento da plataforma.

Vale destacar que apenas as ações de Classe A serão vendidas, mantendo as de Classe B, que possuem 10 vezes maior poder de voto, como propriedade dos sócios executivos.