Home  >  Inovação

Hahn Air é a primeira companhia área a emitir passagens utilizando blockchain

Feita em parceria com plataforma Winding Tree, formato da transação é vista como tendência para as empresas

Da Redação

19/11/2019 às 14h00

Foto: Shutterstock

A companhia alemã Hahn Air, que realiza voos fretados pela Europa, anunciou ter emitido as primeiras passagens de avião por meio da tecnologia blockchain. As informações são da Reuters. 

Para realizar a tarefa, a empresa área contou com o apoio da Winding Tree, plataforma de distribuição feita em código aberto e com foco em empresas de turismo. Criada em 2017 na Suíça, a empresa estuda a aplicação dessa e de outras tecnologias em marcas como Lufthansa Group, AFKLM e Air Canada

Como o projeto ainda está em fase experimental, o primeiro voo que contou com o uso de blockchain foi ocupado apenas por pessoas de ambas as empresas. Além da emissão de passagens, a plataforma criada pode listar inventário, gerenciar solicitações de reservas e receber pagamentos assim que o processo de reserva for concluído. 

Como foma de pagamento, o sistema aceitará dinhiero, cartão de crédito ou criptomoedas — tanto a Ether como Lif, moeda digital criada pelo próprio Winding Tree. 

Apesar do primeiro voo ter sido bem-sucedido, tanto a Hahn Air como a Winding Tree afirmam que irá demorar alguns anos para que o recurso seja usado em larga escala e que, no momento, o objetivo dos testes é avaliar pontos de melhorias e ajustes. 

Quando o sistema estiver funcionando e integrado com outras empresas, os executivos da Hahn Air acreditam que a opção será bem atraente para outras marcas, já que o blockchain possibilita que empresas áreas, companhias de viagem e hotéis possam se conectar e realizar transações sem a necessidade de intermediários.