Home  >  Negócios

OLX deve investir até US$ 400 milhões em startup de venda de carros usados

Esta é a segunda vez que a OLX investe na Frontier. A primeira foi em maio de 2018, quando a startup recebeu US$ 89 milhões

Da Redação

13/11/2019 às 18h23

Foto: Shutterstock

A OLX anunciou nesta semana que investirá até US$ 400 milhões no Frontier Car Group (FCG), startup de venda de veículos usados. De acordo com informações do TechCrunch, o acordo incluirá uma injeção de capital de valor não especificado, bem como aquisições de títulos da companhia.

Esta é a segunda vez que a OLX investe na Frontier: a primeira foi em maio de 2018, quando a startup recebeu US$ 89 milhões. "O FCG quase triplicou o desempenho em todas as principais métricas desde o primeiro investimento do Grupo OLX há menos de 18 meses e se expandiu para quatro novos países nesse período", afirmou o CEO e cofundador do FCG, Sujay Tyle, em comunicado.

De fato, a Frontier vendeu cerca de US$ 700 milhões de carros em 2018, o triplo do valor do ano anterior. Atualmente, os mercados que a Frontier opera incluem a Nigéria, México, Chile, Paquistão, Indonésia e EUA (onde adquiriu a WeBuyAnyCar no ano passado), além da Índia e da Polônia.

"Juntamente com o FCG, nosso objetivo é construir um mercado líder mundial de carros usados, oferecendo um serviço conveniente e premium a milhões de compradores, vendedores e revendedores", declarou Martin Scheepbouwer, CEO do Grupo OLX, em comunicado à imprensa.

Para os especialistas, a segmentação de vendas de carros usados em mercados emergentes é um negócio em potencial importante. Segundo a OLX, a combinação das operações dos dois grupos resultará em um mercado onde cerca de 30 milhões de carros usados são vendidos anualmente. "Nosso objetivo é revolucionar o mercado de carros usados ​​em várias economias, emergentes e desenvolvidas, adicionando confiança, transparência e um conjunto abrangente de serviços a todos os participantes do ecossistema”, concluiu Tyle.