Home  >  Inovação

Mercedes-Benz e BeGreen inauguram primeira fazenda urbana industrial em São Paulo

Fazenda permite produção de hortaliças sem agrotóxico utilizando sistema de aquaponia

Da Redação

13/11/2019 às 16h30

Foto: Divulgação

Trabalhadores da fábrica de automóveis da Mercedes-Benz, em São Bernardo do Campo (SP), agora podem ter acesso a hortaliças frescas, naturais e livre de agrotóxicos, colhidas na própria fábrica, onde foi instalada uma fazenda urbana. O projeto é resultado de uma parceria entre a fabricante de automóveis e a startup de Belo Horizonte BeGreen, que propõe a "instalação" de fazendas em ambientes urbanos.

Segundo a BeGreen, a fábrica da Mercedez-Benz, na região metropolitana de São Paulo, é a primeira instalação industrial do mundo a contar com uma fazenda para o cultivo de alimentos. A estimativa é que a instalação seja capaz de beneficiar os mais de 8 mil funcionários da fábrica. Além de servidos no refeitório, funcionários podem ainda, comprar os vegetais produzidos no local.

A fazenda opera com um processo conhecido como aquaponia, sistema que mescla agricultura tradicional com hidroponia. A empresa garante que esse processo pode reduzir em até 90% o uso de água, em comparação com métodos tradicionais.

De acordo com a BeGreen, a instalação na fábrica da Mercedes Benz é capaz de produzir cerca de 2,7 mil quilos de hortaliças (cerca de 44 mil pés de verduras, ervas e temperos) por mês. Alfaces rúcula, espinafre, agrião, chicória, salsinha, hortelã, cebolinha, coentro e manjericão já são cultivados no local que, em breve, deve iniciar a produção de tomates e berinjelas, informa a BeGreen.

Giuliano Bittencourt, CEO da BeGreen, conta que o modelo adotado na fazenda da Mercedes-Benz é saudável, ecológico e socialmente correto. “Desenvolvemos um modelo capaz de produzir até 28 vezes mais do que no modelo tradicional, no campo. Além disso, utilizamos a água de forma inteligente, não usamos nenhum tipo de substância química e estimulamos a hortaliça de forma que cresça em um período até 40% menor”, explica.



Pioneira em fazendas urbanas na América Latina

A BeGreen se lançou no mercado em 2017 ao instalar o que ficou conhecido como a primeira fazenda urbana da América Latina a ser instalada em um shopping, no caso o Boulevard Shopping, em Belo Horizonte (MG). O local, de cerca de 1500 metros quadrados, tem como foco a produção e comercialização de alimentos, produzindo cerca de 40 mil hortaliças todo mês, informa a startup. É possível ainda visitar a estufa do shopping.

“Recebemos cerca de 1.500 visitantes por mês. São alunos de escolas públicas e particulares, comunidade e clientes do shopping que passam pela estufa todos os meses. Eles têm acompanhamento com orientações e conteúdo pedagógico, com ênfase para ciência e botânica. É uma oportunidade principalmente para que as crianças conheçam o processo de produção dos alimentos que consomem”, informa Bittencourt.

Tempo de escalar

A startup também se prepara para escalar o modelo de negócios. Além de shoppings e fábricas, a BeGreen estuda a implementação do modelo em outros segmentos, como empresas. Giuliano afirma que as empresas interessadas em aderir ao projeto podem fazê-lo sem necessidade de investimento. “Queremos levar o negócio para todo o Brasil. Para isso, basta que a empresa ceda o espaço que nós implantamos e administramos a Fazenda Urbana”, destaca Bittencourt.

Atualmente, a startup está para lançar seu terceiro projeto. De acordo com a empresa, uma unidade no Shopping Via Parque, no Rio de Janeiro (RJ) está em fase final de instalação e deve começar a produzir alimentos frescos em dezembro deste ano.