Home  >  Negócios

Facebook News não abrirá dados de usuários a anunciantes, diz Zuckerberg

Entretanto, CEO do Facebook não descartou ideia de fornecer insights sobre comportamento de usuários e assinantes a editores dos portais

Da Redação

01/11/2019 às 15h00

Foto: Shutterstock

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, garantiu que não vai fornecer dados de usuários do novo Facebook News a anunciantes da rede social. O serviço, uma aba de notícias com curadoria de jornalistas, foi lançado na última semana para usuários nos EUA.

Durante o evento de lançamento, em Nova York (EUA), Zuckerberg e Robert Thomson, CEO da News Corporation (grupo de mídia americano) conversaram sobre o papel da imprensa e da mídia na rede social, além de explicarem com mais detalhes a nova ferramenta. As informações são do Venture Beat

De acordo com o portal, apesar de Zuckerberg dizer que não vai fornecer dados de usuários do Facebook News a anunciantes, ele comentou sobre a ideia de fornecer insights sobre o comportamento e engajamento de usuários e assinantes a editores dos portais de notícias.

"É muito claro que o trabalho que o setor de notícias faz é... crítico para a democracia... Será a primeira vez que existe um espaço dedicado no Facebook focado em jornalismo de alta qualidade... [e] a primeira vez que assumimos compromissos financeiros plurianuais. Colocamos essas guias secundárias em funcionamento", disse Zuckerberg durante o evento.

Zuckerberg projeta que o Facebook News atinja, ainda nos próximos anos, cerca de 20 a 30 milhões de usuários da rede social. "Não acho que [tenha havido um] modelo de negócios sustentável em torno das notícias... É por isso que estamos formando parcerias em torno dessa ferramenta", explicou o CEO.

O Facebook News permite que usuários da rede social escolham os portais de notícias que querem acompanhar, além de ocultar conteúdo daqueles que o usuário não se interessar. Há também uma opção paga do Facebook News, onde oferece conteúdo local, especializado e customizado, de acordo com as preferências do usuário. Atualmente o serviço de notícias locais está funcionando em mais de 6 mil cidades americanas.