Home  >  Negócios

Netflix busca levantar US$ 2 bilhões com venda de títulos de dívida

Objetivo da gigante do streaming é utilizar recursos para investir em novos conteúdos originais

Da Redação

31/10/2019 às 18h00

Foto: Shutterstock

Na última semana, a Netflix anunciou a venda de US$ 2 bilhões em títulos de dívida. De acordo com informações do TechCrunch, o objetivo da gigante do streaming é utilizar os recursos para investir em novos conteúdos.

A decisão de aumentar seus investimentos na produção de conteúdos foi tomada depois que a Netflix apresentou resultados financeiros positivos. No último trimestre, a empresa registrou receita de US$ 5,24 bilhões, acima do esperado pelos analistas.

Apesar dos bons resultados, a Netflix não está fora de perigo. Com a concorrência crescendo, é provável que a base de usuários do serviço seja reduzida, especialmente nas famílias que têm crianças. No próximo mês, será lançado o Disney+, que deverá representar ameaça à companhia. Além disso, a Apple está pronta para lançar o Apple TV+, a TimeWarner da AT&T está lançando a HBO Max e o produtor de filmes Jeffrey Katzenberg está se preparando para disponibilizar um serviço chamado Quibi, exclusivo para celulares.

Embora cada um dos novos serviços não seja capaz de derrubar a Netflix, quando combinados eles podem interferir de forma importante no mercado. Esse cenário torna fundamental que a companhia aprimore seus conteúdos para manter a assinatura dos seus usuários - e os investimentos podem ser altos. Em seu anúncio, a empresa afirmou que pretende utilizar o capital levantado "para fins corporativos gerais, que podem incluir aquisições, produção e desenvolvimento de conteúdo, dispêndios de capital, investimentos, capital de giro e possíveis aquisições e transações estratégicas".