Home  >  Carreira

Como não responder a uma pergunta feita durante a entrevista de emprego

Conheça atitudes que comprometem as chances de se passar para uma próxima etapa do processo seletivo

Da Redação

12/10/2019 às 12h00

Foto: Shutterstock

É bem provável que você que está lendo esse texto já tenha ficado nervoso durante uma entrevista de emprego. E é um sentimento natural, por conta do momento, e perfeitamente compreensível por parte dos recrutadores.

O que costuma irritar esse público são outros comportamentos, como usar um termo muito clichê, se alongar demais ou sofrer de “sincericídio”. Confira as respostas erradas que devem ser evitadas durante uma entrevista:

 

Como não responder: “Me fale sobre você”

O grande pecado dessa resposta é deixar que ela fique gigantesca e acabe ocupando boa parte da entrevista com divagações. Fale um pouco sobre de si, cite algumas experiências profissionais e algo que goste de fazer fora do trabalho.

Coerência é fundamental. Lembre-se que a pessoa na sua frente está buscando um profissional capaz de executar a tarefa requisitada e com baixas chances de causar problemas à organização.

Nesse momento, evite dizer coisas como “nunca chego no horário” ou “não faço ideia do que essa empresa faz”. Esses são aspectos que podem ser resolvidos caso você seja contratado, mas podem bloquear seu progresso nas próximas etapas caso sejam ditas de início.

 

Como não responder: “Por que você quer trabalhar aqui?”

Por mais que a situação esteja difícil, não dê uma resposta do tipo “estou desesperado e aceito qualquer emprego”. Acredite: a tentação de adotar esse discurso se torna bem grande após meses procurando — e não encontrando — uma nova colocação. Porém, é bem difícil que essa fala cause o efeito esperado.

Outra resposta que até pode ser dada como forma de “brincadeira”, mas que não causa uma boa impressão é dizer que você precisa de qualquer emprego. Nesse caso, vale mencionar alguma característica da vaga que você gostou ou como ela pode contribuir para o avanço da sua carreira. Ser criativo muitas vezes não dá certo no caso dessa pergunta.

Como não responder: “Onde você se enxerga nos próximos cinco anos?”

O principal ponto aqui é: tenha uma resposta. Qualquer retorno que soe parecido com “não faço ideia” em geral transmite a impressão de que o candidato não tem controle sobre a própria vida.

O que pode ser citado: uma promoção, estar envolvido em um projeto gigante ou mesmo algum aspecto pessoal, como terminar um curso.

 

Como não responder: “Qual o seu principal defeito?”

Acredite: entrevistadores preferem respostas como “me irrito muito fácil” ou “sou difícil de lidar” do que os casos em que claramente alguém menciona uma característica que pode ser vista como proveitosa para a companhia, como “sou perfeccionista” ou “trabalho demais”.

Nesse ponto, vale mencionar alguma característica apontada por um gestor em feedbacks passados que possa ser melhorada.

 

Como não responder: “Você tem alguma pergunta que gostaria de me fazer?”

O conselho aqui é o mesmo passado na pergunta sobre como você se vê no futuro: tenha uma resposta.

Não sempre o caso, mas recrutadores podem encarar a falta de curiosidade do candidato como falta de interesse ou comprometimento pela vaga. Por isso, é importante separar uma ou duas dúvidas que podem ser feitas ao final da entrevista.

 

*Com informações da Fast Company