Home  >  Negócios

Clientes Itaú poderão usar carteira de pagamentos PayPal pelo app do banco

Válido inicialmente apenas para cartões de crédito, serviço estará disponível para todos os usuários via app a partir de sexta

Mônica Wanderley

09/10/2019 às 14h00

Foto:

A partir da próxima sexta (dia 11) , todos os clientes Itaú que possuem um dos apps de gestão de contas da empresa terão a opção de vincular seus cartões ao serviço de pagamentos PayPal diretamente pelo aplicativo do banco.

O anúncio, feito em um evento para a imprensa, visa proporcionar aos correntistas uma experiência mais otimizada tanto para o pagamento como organização de on-line. De início, será possível cadastrar apenas cartões de crédito, mas Itaú e PayPal já estão em conversas para habilitar a função débito até o final de 2020.

 

Como vai funcionar

A integração, que vale para os usuários dos apps Itaú, Itaucard, Personnalité e Credicard, ficará na aba “Serviços”. Ao tocar na opção “PayPal”, que ficará na última rolagem da aba, os clientes poderão vincular seus cartões diretamente com a plataforma de pagamentos, seja adicionando uma conta existente ou criando uma nova.

Para os que já possuem uma conta no PayPal, o processo de implementação é ainda mais simples: o app já apresenta todos os cartões que o cliente possui e, após escolher quais deseja integrar, basta aceitar os termos de condições da plataforma que a integração estará concluída.

“A gente entende que, do ponto de vista de carteira digital, para e-commerce e para plataformas digitais, o PayPal hoje tem a melhor experiência [...] e uma distribuição muito maior do que as carteiras digitais instaladas aqui no Brasil”, afirma Rubens Fogli, diretor de Pagamentos Digitais do Itaú Unibanco.

A iniciativa faz parte de um acordo fechado entre as duas empresas no ano passado. Além da integração da carteira no app, as marcas também fazem a troca de dados das compras online feitas pelos clientes, para evitar fraudes. Segundo Itaú e PayPal, todo o ciclo de implementações está completo e os próximos passos envolvem melhorias da experiência de uso.

 

Finanças e tecnologia

A integração entre as marcas segue uma demanda do mercado, que pede por soluções mais simples de serviços de finanças. Durante o evento, a consultoria IDC apresentou uma pesquisa encomendada pelo PayPal que analisou os hábitos de uso de moradores do Brasil, Colômbia e México e os dados apresentados mostram que a adesão de plataformas digitais para resolver questões bancárias só tende a crescer.

No Brasil, por exemplo, 65% das pessoas usam aplicativos das instituições bancárias para abrir contas ou contratar novos serviços. Nosso país também conta com uma avaliação alta no quesito confiança em bancos digitais: enquanto a pontuação de confiança média em fintechs que não possuem agências físicas está em 5,8 por conta da soma dos três países, a avaliação dos brasileiros ficou em 7,4.

De acordo com a pesquisa, os clientes costumam ir à agências apenas para determinadas funções, como impressão e depósito de cheques ou solicitação de empréstimos. Porém, com a implementação de novas ferramentas, a tendência é que o uso de smartphones fique cada vez maior.