Home  >  Carreira

Saiba o que fazer (ou não) para criar um currículo mais moderno

Confira o que fortalecer ou evitar na atualização do CV e aumentar as chances de você conseguir a posição desejada

Da Redação

28/09/2019 às 10h00

Foto: Shutterstock

O currículo é uma ferramenta criada como único propósito de conseguir uma entrevista. Para isso, ele precisa convencer um possível empregador de que você tem o necessário para ser bem-sucedido nessa posição ou carreira específica. Nesse caso, o ditado “a primeira impressão é o que conta” é mais do que verdadeiro.

Mesmo com diversos conteúdos já publicados sobre o assunto, sempre fica a dúvida sobre o que vale mais a pena destacar dentro do documento e qual atitude pode “queimar o seu filme” sem que se perceba.

Para tirar as principais dúvidas sobre o tema, a Robert Walters Brasil apresentou algumas dicas que podem ajudar quem precisa chamar a atenção do recrutador. De forma positiva, claro.

O que evitar (ou usar de forma moderada):

  • Não utilize papel colorido, fontes sofisticadas e fotografias ou abordagens pré-moldadas, genéricas e muito comuns;
  • Seja sincero e não tenha medo de vender suas habilidades;
  • Mantenha a aparência simples e exponha seu ponto rapidamente;
  • Use o pretérito e escolha verbos de ação fortes;
  • Evite falar de si na terceira pessoa;
  • Evite jargões e siglas que outras pessoas possam não entender.

As principais áreas para fortalecer seu currículo são:

  • Qualificações: Liste as qualificações acadêmicas e não acadêmicas em ordem cronológica, com observações se necessário. Não inclua informações irrelevantes;
  • Histórico profissional: A partir do emprego mais recente, inclua suas responsabilidades, por quanto tempo ficou nessa empresa e motivos para sair. Não omita qualquer período por qualquer motivo;
  • Interesses pessoais: Listar seus interesses é importante, mas não generalize. Por exemplo, em vez de simplesmente dizer 'futebol', você pode expandir e dizer que jogou em um clube local nos últimos quatro anos e agora é responsável pela publicidade da comissão (apenas se isso for verdade).

Por último, lembre-se de dar uma olhada com mais atenção no documento. Se possível, peça a um amigo para revisá-lo procurando por erros de grafia ou inconsistências: se ele ou ela forem da área ou empresa que você está se candidatando, melhor ainda.

Esse passo é importante não apenas por erros ortográficos, mas também para garantir que seja uma representação clara de você, com um perfil aderente ao cargo e que incentive o empregador a entrar em contato para te conhecer.

 

Tags