Home  >  Negócios

Facebook compra startup de neurotecnologia por US$ 1 bilhão

Com aquisição, empresa busca desenvolver pulseira capaz de controlar dispositivos apenas com o poder da mente

Da Redação

27/09/2019 às 14h23

Foto: Shutterstock

O Facebook confirmou recentemente a compra da CTRL-labs, startup norte-americana que desenvolve mecanismos de conexão entre dispositivos eletrônicos e pessoas. De acordo com o Financial Times, o principal objetivo da aquisição é desenvolver, eventualmente, um projeto onde usuários consigam controlar seus dispositivos apenas com o poder da mente. A aquisição da CTRL-labs custou ao Facebook US$ 1 bilhão, o mesmo valor que a companhia de Mark Zuckerberg pagou em 2012 pelo Instagram.

Andrew Bosworth, chefe de realidade virtual e aumentada do Facebook, justificou a aquisição em um post na rede social. O executivo explica que o projeto é desenvolver uma pulseira que traduziria intenções em comandos digitais, que seriam enviados aos aparelhos e, com isso, controlá-los somente com o pensamento. Entre os exemplos que o executivo dá está o compartilhamento de fotos com contatos apenas manifestando a intenção da ação.

“Você tem neurônios que enviam sinais elétricos para os músculos das mãos, dizendo-lhes para se moverem de maneiras específicas, como clicar no mouse ou pressionar um botão. A pulseira vai decodificar esses sinais e convertê-los em um sinal digital que seu dispositivo possa entender”, explica o executivo.

Diferente de startups de neurotecnologia tradicionais, a CTRL-labs se preocupa em propor soluções e produtos que não sejam invasivos com o ser humano, dispensando cirurgias, como é o caso do projeto de pulseira de Bosworth.