Home  >  Inovação

Brasil registra crescimento no setor de fintechs

Estudo sobre fintechs aponta que já são 504 startups financeiras operando no país, divididas em 10 segmentos

Da Redação

27/09/2019 às 8h57

Foto: Shutterstock

Entre 2018 e 2019, o setor de fintechs no Brasil recebeu novas empresas e diversificou tanto o seu modelo de negócios como serviços prestados, de acordo com a versão 2019 do Mapa de Fintechs do Brasil, levantamento feito desde 2011 pelo blog Finnovation para avaliar o cenário anual do setor de startups financeiras do país.

Segundo a pesquisa, existem 504 fintechs operando no país, espalhadas em 10 segmentos. O número representa um aumento de 34% em relação ao ano passado, quando o número registrado foi de 377 negócios.

Perfil de quem cria

O 'Mapa' também identificou que 58% dos empreendedores das fintechs estudadas têm mais de 35 anos de idade. Do total de fundadores analisados, apenas 6% contam com menos de 25 anos.

A informação vai ao encontro a outra pesquisa, divulgada recentemente pela startup Distrito, apontando que a maioria das startups só atinge o status de unicórnio quando sua liderança está com 36 anos e três meses. Ambas as infos reforçam a ideia de que, ao contrário do que se pensa, ter experiência profissional é um fator importante para o sucesso da companhia.

Negócios e oportunidades

Atualmente, o setor de pagamentos conta com a maior presença de startups, aumentando sua participação de 23% para 26%. Em seguida, vem a área de crédito, com 17% das fintechs (contra 15% em 2018).

Um dado interessante é a quantidade das marcas voltadas para o segmento B2B, que aumentou de 48% para 61%. Este crescimento inclui uma boa parte de fintechs que estão nascendo para colaborar com grandes instituições financeiras, reduzindo suas ineficiências e ajudando-as a melhor atender o mercado.

Ao analisar o número total de startups pesquisados, descobriu-se que 62% estão inovando por meio de um novo modelo de negócios, enquanto as 38% restantes se diferenciam por meio da tecnologia empregada. De acordo com a pesquisa, o dado mostra que há espaço para a criação de produtos ou serviços que ofereçam um padrão diferente do visto dentro do mercado tradicional.

 

Tags