Home  >  Segurança

Empresas, fiquem atentas: nenhum sistema é 100% seguro

Novas tecnologias geram vulnerabilidades. Especialistas em cibersegurança se encontram no IT Forum X para debater privacidade em jogo

Da Redação

23/09/2019 às 14h49

Foto: Shutterstock

Apesar do investimento em cibersegurança, inúmeras empresas sofrem ataques que colocam seus negócios em risco. As invasões geram perda de receita, experiências negativas para o cliente e, em muitos casos, a interrupção completa das operações.

Com a evolução das soluções tecnológicas, todos os dias surgem novas ameaças, principalmente com as informações digitais se tornando um dos ativos mais valiosos para as organizações. Os cibercriminosos descobrem vulnerabilidades e criam um verdadeiro cenário de gato e rato: os hackers encontram novas formas de aproveitar brechas nos sistemas de segurança das empresas, enquanto as organizações aperfeiçoam sua infraestrutura para dar conta das novas habilidades dos invasores.

Para se ter dimensão do impacto do cibercrime, segundo pesquisa realizada pela Radware, fornecedor de soluções de segurança, após um ataque as empresas gastam, em média, US$ 1,67 milhão para lidar com as consequências das invasões. Por isso, a criação de bases para melhorar a segurança já é considerada prioridade. Mas como eliminar os riscos? Será que existe um sistema completamente seguro?

Para discutir o tema, especialistas em cibersegurança estarão presentes no painel "Privacidade em jogo. O que as empresas e usuários devem fazer para resguardar informações?", que acontecerá no dia 16 de outubro durante o IT Forum X. A 7ª edição do evento receberá mais de 250 palestrantes em diferentes palcos e praças de conteúdo. O tema principal desse ano será “Eu 5.0”, que busca posicionar o ser humano no centro da discussão tecnológica.

Estarão presentes para falar sobre o assunto:

Ricardo Guimaraes Filho, Bit Capital

Fundador da Bit Capital, Ricardo Guimaraes filho é graduado em administração de empresas pelo Insper e passou por diversas empresas durante a carreira, como BTG

Pactual, Itaú Unibanco, Inspired Asset Management, Fundação Estudar, Alta Vista Investimentos e Odebrecht.

Marcos Oliveira, Palo Alto Networks Brasil

Contry manager da Palo Alto Networks Brasil, o executivo traz mais de 20 anos de experiência em cibersegurança. Antes de assumir o cargo atual, Oliveira atuou como country manager da Symantec e ocupou cargos estratégicos e de decisão na Blue Coat, adquirida pela Symantec em 2016 e na Nortel Networks.

Marcio Cots, COTS Advogados

Partner & Attorney-at-law da COTS Advogados, Marcio Cots é advogado, consultor em escritórios e instituição de todo o mundo e foi convidado pelo Senado para debater pontos técnicos da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. É especialista em CyberLaw pela HARVARD LAW SCHOOL e autor do livro Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais Comentada – Editora Revista dos Tribunais, 2018.

Vinicius Oliveira, Hospital Santa Joana

Diretor de operações corporativo do Hospital Santa Joana, Oliveira é formado em administração hospitalar, com MBA em Gestão e Desenvolvimento Empresarial pela UFRJ, MBA em Gestão da Qualidade pela Faculdade de Ciências Médica de MG, Especializações em Estratégia de Negócios pela Fundação Dom Cabral e Formação Técnica de desenho e implantação de planejamento estratégico pela Symnetics.

O painel será mediado por Marcela Miranda, CEO da Fintech Trigg. Ao longo de sua trajetória, a executiva teve a oportunidade de criar startups e gerir outros negócios. Também traz na bagagem funções executivas em empresas na área de Marketing e Tecnologia da Informação.

O IT Forum X acontecerá nos dias 16 e 17 de outubro no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Outros temas como big data, metodologias de aceleração, cidades inteligentes, 5G e conectividade serão abordados durante o evento. Para mais informações, clique aqui.