Home  >  Negócios

Google bate recorde de compra corporativa de energias renováveis

Novos contratos aumentam em quase 50% sua carteira de energia solar e eólica, que será capaz de sustentar a demanda anual de um país pequeno

Da Redação

20/09/2019 às 15h15

Foto: Shutterstock

Dando continuidade nas suas iniciativas de preservação do meio ambiente, a Google anunciou o fechamento de 18 novos acordos na área, que serão responsáveis por aumentar em quase 50% sua carteira global de fazendas de energia solar e eólica.

Ao todo, a marca adquiriu um adicional de 1.600 megawatts, ultrapassando a marca de 5.000 megawatts compostos apenas por energias classificadas como verde, com impacto mínimo de agressão à natureza. De acordo com comunicado divulgado, toda a operação terá a capacidade de produzir energia elétrica necessária para abastecer por um ano uma cidade do porte de Washington (com 7.5 milhões de habitantes) ou países pequenos, como Uruguai (3,4 milhões) e Lituânia (2,7 milhões).

Para a operação dos novos contratos, a companhia de Mountain View explicou que será necessária a construção de infraestrutura de energia no valor de 2 bilhões de dólares – incluindo milhões de painéis solares e centenas de turbinas eólicas espalhadas por três continentes. Ao final, a frota de energia renovável inclui ao todo 52 projetos, que correspondem a 7 bilhões de dólares em novas construções e à criação de milhares de empregos.

Diferencial na América Latina

Apesar de boa parte das fontes renováveis contratadas estar na Europa, a companhia fechou na nossa região o primeiro acordo de energia híbrida. Realizado no Chile, ele combinará fontes solares e eólicas para alimentar o centro de dados que a empresa possui na região.

 

Tags