Home  >  Carreira

FTT dará 40 bolsas integrais para graduação em Engenharia de Computação

Inscrições para seleção vão até outubro. Faculdade ainda tem bolsas para Administração, Engenharia de Alimentos e Engenharia de Controle e Automação

Da Redação

18/09/2019 às 11h00

Foto: Shutterstock

A Faculdade de Tecnologia Termomecanica (FTT) anunciou a abertura do processo seletivo para 160 bolsas de estudo integrais para o ano letivo de 2020. São 40 vagas para cada um dos seus cursos oferecidos pela faculdade, que são Administração, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação e Engenharia de Controle e Automação. Os cursos são oferecidos no campus da FTT em São Bernardo do Campo, região metropolitana da capital paulista.

De acordo com a faculdade, todos os cursos oferecidos foram avaliados com nota máxima pelo Ministério da Educação (MEC).  Metade das vagas de cada curso é destinada a candidatos com renda familiar mensal per capita de até 1,5 salário mínimo. O candidato interessado neste tipo de vaga deve se candidatar às vagas sociais e comprovar o perfil socioeconômico no ato da matrícula.

Já para a outra metade das vagas, a faculdade não exige comprovações desse tipo. O processo seletivo tem uma taxa de 40 reais, mas é possível solicitar a isenção dessa taxa, mas é necessário comprovar situação socioeconômica, como descreve o edital. A solicitação deve ser feita diretamente no site da Vunesp, até o dia 20 de setembro de 2019.

As aulas dos cursos de Engenharia de Alimentos e Engenharia de Controle e Automação ocorrem no período matutino, das 7h às 12h10 já as de Engenharia de Computação e Administração no noturno, das 19h15 às 22h45, de segunda a sexta-feira.

"Nosso desafio cotidiano é aprimorar o perfil do profissional que formamos, assim, a relação estreita com as empresas através de atividades, encontros, projetos, nos permite entender melhor e de forma antecipada as expectativas do mercado. Formamos um profissional com olhar estratégico, sistêmico, competente tecnicamente e capaz de lidar com pessoas, problemas e desenvolver inovações. A formação cidadã é outro diferencial do egresso da FTT", afirma Luciana Guimarães Borges, diretora acadêmica da FTT.

A faculdade oferece ainda hacktatons, desafios e competições para incentivar a busca por soluções inovadoras para problemas reais de empresas. "Percebemos importante amadurecimento profissional e pessoal dos nossos alunos que participam dessas atividades, por isso os preparamos para participar das mesmas, além de adotar com uma das metodologias de ensino que utilizamos", conta Borges.