Home  >  Plataformas

Wi-Fi 6 promete sinal mais rápido, potente e conectado para usuários

Certificação do Programa Wi-Fi 6 foi inaugurada nesta segunda; Confira os benefícios da nova tecnologia

Da Redação

16/09/2019 às 15h45

Foto: Shutterstock

A Wi-Fi Alliance, grupo da indústria sem fins lucrativos que regula as informações da tecnologia de sinal, anunciou nesta segunda (16) o lançamento oficial do programa de certificação Wi-Fi 6 (ou padrão IEEE 802.11ax, nome técnico).

Desenvolvido dentro de uma realidade no qual os lares e escritórios, em geral, possuem dezenas de dispositivos conectados, a nova rede garante um sinal mais estável e potente para os usuários, melhorando a experiência de uso até de equipamentos que funcionam via Internet das Coisas.

Nova aparelhagem

Começando pelo o que mais importa: velocidade de download. De acordo com a CNET, que fez um comparativo com base no tempo necessário para fazer o download de toda a franquia do Universo Cinemático Marvel (MCU, em inglês) com cerca de 1,58 terabytes, o padrão atual do Wi-Fi 5 realiza a transferência dos arquivos em 3 horas e 45 minutos. Já com o novo formato, o tempo cai consideravelmente, indo para 2 horas e 40 minutos.

De acordo com o comunicado da Wi-Fi Alliance, as melhoras na nova conexão serão mais perceptíveis em ambientes com muitos aparelhos conectados, já que ela será capaz de proporcionar um serviço mais eficiente do que com mais velocidade de transmissão de dados do que as pessoas estão acostumadas.

Além das melhorias em velocidade e conexão, o Wi-Fi 6 também apresenta melhores resultados no quesito segurança, tornando mais difícil a invasão do acesso a roteadores e outros produtos equipados com a tecnologia.

Produtos pioneiros

Por conta dos avanços feitos nesta versão, a maioria dos produtos existentes não consegue rodar o Wi-Fi 6. Por conta desse fator, é bem provável que apenas produtos lançados recentemente tenham compatibilidade com o sinal.

Um exemplo é o Samsung Galaxy Note 10, o primeiro smartphone a receber a certificação WF6. Outros aparelhos que também estarão habilitados para operar com o novo sinal são os novos produtos da linha de aparelhos da Apple, como iPhone 11 e 11 Pro.

"Com o aumento da adoção da última geração de Wi-Fi,  fornecedores de produtos e prestadores de serviços podem confiar que a Certificação Wi-Fi distinguirá produtos e redes Wi-Fi 6 que atendem aos mais altos padrões de segurança e interoperabilidade", afirma a Wi-Fi Alliance.

Apesar desses débuts, a expectativa do mercado é que a safra de novos produtos habilitados com a nova certificação de Wi-Fi comece a surgir em massa a partir de 2020.

 

Tags