Home  >  Negócios

Se cuida, Amazon: Walmart expande serviço de assinatura pelos EUA

Anteriormente em beta, plano disponibiliza entrega grátis por US$ 98 anuais ou US$ 12,95 ao mês; objetivo é atingir metade do país até dezembro

Da Redação

12/09/2019 às 11h56

Foto: Shutterstock

Legenda:

A varejista Walmart anunciou nesta quinta (12) que vai ampliar para mais de 1,4 mil lojas o “Delivery Unlimited” serviço em que todas as taxas de entrega são descontadas através de um pagamento fixo, que pode ser de US$ 12,95 ao mês ou um valor anual de US$ 98.

Sem a assinatura, cada entrega pelo ‘Grocery Delivery’ custa US$ 9,99. Ou seja: para quem realiza mais de dois pedidos por mês, adotar o novo plano pode se tornar uma opção em válida.

De início, o ‘Unlimited’ irá funcionar em todas as lojas que já contam com outro serviço da marca: o Walmart Grocery Delivery, no qual é possível encomendar snacks e outros itens para serem levados até você. Como a oferta é comercializada pelo próprio Walmart, não há aumento no preço final do produto, o que deixa bem mais viável o uso dessa comodidade.

A ideia, por sinal, é unir os dois serviços para expandir e fidelizar a base de clientes. Até o final do ano, o Walmart planeja implementar o serviço em mais de 1,6 mil lojas: número que corresponde a mais da metade dos estabelecimentos que a marca tem no país.

De olho na concorrência

O novo programa que a varejista anunciou tem como objetivo competir com outras soluções que já existiam a concorrência, como Target, Shipt e o Prime Now, da Amazon.

Além desse novo serviço, o Walmart conta com outras facilidades para fidelizar a clientela, como um serviço ao estilo "clique e retire", em que as compras são feitas pela internet, mas o usuário pega as compras em uma unidade física da marca.

A empresa vem de uma série de bons resultados financeiros: em agosto, registrou o vigésimo trimestre consecutivo no azul, com uma receita de US$ 130,8 milhões e crescimento de 37% nas vendas proporcionadas pelo e-commerce.