Home  > 

Amazon lança no Brasil Amazon Music e libera três meses grátis

Da Redação

12/09/2019 às 9h31

Foto: Shutterstock

O mundo do streaming musical está ficando cada vez mais competitivo. Nesta quinta-feira (12), a Amazon anunciou o lançamento do Amazon Music no País. Assinantes da categoria premium Amazon Music Unlimited têm acesso ilimitado a mais de 50 milhões de músicas. Vale lembrar que no início desta semana, a gigante do varejo online lançou no Brasil o Amazon Prime, que já oferece a seus membros o Prime Music. Neste caso, o pacote oferece uma versão limitada do acervo: mais de dois milhões de músicas, mas sem custo adicional à assinatura Amazon Prime. Há um período de teste gratuito de três meses para novos assinantes.

“O lançamento de hoje representa um grande passo para o Amazon Music, já que o Brasil é um dos destinos musicais mais importantes no mundo”, afirma Federico Pedersen, Gerente Geral do Amazon Music para a América Latina. “Nosso time local vem trabalhando fortemente para oferecer uma seleção de playlists e estações que representam a variedade única da música brasileira e mal podemos esperar para que novos assinantes comecem a ouvi-las hoje”. O aplicativo Amazon Music está disponível no Brasil para iOS e Android, Mac, PC e Fire TV Stick.

Há duas opções de plano para assinantes do Amazon Music. O serviço está disponível no Plano Individual por R$16,90 ao mês, ou R$169 ao ano. No Plano Família, que permite que até seis membros da mesma família usem a mesma assinatura, o plano custa R$25,90 ao mês ou R$259 ao ano.

O lançamento de Amazon Music, soma-se ao recente anúncio do Amazon Prime. Membros Prime têm acesso a frete gratuito e rápido em produtos identificados com o selo Prime. Outros serviços disponíveis são o acesso aos conteúdos Amazon Originals, filmes e séries de sucesso no Prime Video; além de um catálogo rotativo de revistas e livros digitais renomados no Prime Reading; e uma seleção gratuita de loots (itens virtuais extras dentro de games) e jogos no Twitch Prime.

 

Deixe uma resposta