Home  >  Negócios

IBM lança portal para incentivar trabalho voluntário entre funcionários

Plataforma pretende conectar ONGs a funcionários da IBM que procuram oportunidades de trabalho voluntário e doação à causas sociais

Da Redação

04/09/2019 às 16h30

Foto: Shutterstock

Legenda:

A IBM lançou no Brasil seu novo portal de voluntariado, o IBM.org. Segundo a empresa, a ideia é que a plataforma facilite que funcionários encontrem oportunidades de trabalho voluntário, além de proporcionar um canal para realizar doações para comunidades parceiras. O IBM.org também fornece dados com relação às práticas de doação e voluntariado da empresa.

Vale ressaltar ainda que o IBM.org é um site público e pode ser acessado por todos que estejam buscando informações sobre atividades de Responsabilidade Social Corporativa da IBM.

Segundo a IBM, o site faz parte da nova estratégia de responsabilidade social corporativa da companhia, que busca direcionar esforços humanitários para áreas como educação, desenvolvimento econômico, saúde e preparação para catástrofes naturais. Em 2018, de acordo com seu relatório anual de responsabilidade corporativa, a empresa contribuiu US$ 392,5 milhões com ONGs de todo o mundo.

Juliana Nobre, gerente de responsabilidade social corporativa da IBM Brasil, informa que o IBM.org será um elemento chave no desenvolvimento da nova estratégia da empresa. O programa deve ajudar “a garantir um maior impacto em áreas que se alinham às prioridades da organização, como educação e habilidades, saúde e bem-estar, e preparação e resposta a desastres naturais”, explica.

Espaço para ONGs

ONGs também podem se inscrever no site da IBM para que as oportunidades de voluntariado e doações fiquem visíveis. Para que os funcionários da IBM doem para uma organização, a organização deve ser examinada pelo IBM Volunteer Portal e atender a diversos critérios.

O programa prioriza entidades sem fins lucrativos, escolas primárias, secundárias e de nível acadêmico, faculdades ou universidades públicas ou privadas credenciadas.

Já programas religiosos, organizações engajadas politicamente, agências com fins lucrativos, organizações de serviços para funcionários e agências apoiadas por receitas fiscais e aquelas cujo objetivo é esporte ou recreação são inelegíveis pelo programa.

No processo de verificação, a organização deve demonstrar que não defende, apoia ou pratica atividades inconsistentes com as políticas de não discriminação da IBM, seja baseada em raça, cor, religião, gênero, identidade ou expressão de gênero, orientação sexual, origem nacional, deficiência ou idade.