Home  >  Negócios

VMware adquire Carbon Black por US$ 2,1 bi e Pivotal por US$ 2,7 bilhões

Aquisições fortalecem o portfólio de segurança da VMware, ao mesmo tempo que torna a companhia mais acessível para desenvolvedores

Da Redação

03/09/2019 às 9h15

Foto: Shutterstock

Legenda:

A VMware anunciou na última semana a compra da Carbon Black, empresa que oferece soluções em proteção de endpoints nativos na nuvem, por um total de US$ 2,1 bilhões. E a Carbon Black não é a única empresa que a VMware busca para chamar de sua. A companhia também confirmou a aquisição da Pivotal por um valor de US$ 2,7 bilhões.

As duas aquisições reforçam as estratégias de tornar mais robusto o portfólio de segurança da VMware ao mesmo tempo que torna a companhia mais "acessível" para desenvolvedores.

A Carbon Black conta com mais de 5.600 clientes e 500 parceiros em todo o mundo. Tal alcance a coloca como uma das líderes no fornecimento de nuvem de segurança da próxima geração. Sua plataforma de segurança nativa na nuvem aproveita a análise de dados e de comportamentos para fornecer proteção aos terminais. Com a aquisição, a VMware afirma que combinará as soluções da Carbon Black às suas ofertas de segurança. O movimento cobrirá o portfólio da VMware: AppDefense, Workspace ONE, NSX e SecureState.

"O setor de segurança está quebrado e ineficaz com muitas soluções fragmentadas e sem uma arquitetura de plataforma coesa. Ao trazer o Carbon Black para a família VMware, estamos dando um enorme passo à frente em segurança e fornecendo uma plataforma de nível corporativo para administrar e proteger cargas de trabalho, aplicações e redes", disse Pat Gelsinger, CEO da VMware. "Com essa aquisição, a VMware também assumirá uma posição de liderança significativa em segurança para a nova era de aplicações modernos, fornecidas de qualquer nuvem à qualquer dispositivo."

Já com a Pivotal, a VMware adquire uma plataforma que facilita o trabalho de desenvolvedores para escreverem, testarem e implementarem suas aplicações. A empresa foi originalmente incubada pela VMware e EMC.

Apesar de distintas, as duas empresas se dedicam a workloads modernos. Enquanto a Pivotal foca em construir aplicações modernas, tendo acrescentado recente suporte para Kubernetes, a Carbon Black oferece recursos de segurança necessários para assegurar aplicações e infraestruturas atuais.

“O Kubernetes está emergindo como o padrão de fato para aplicativos modernos de várias nuvens. Estamos empolgados por combinar a plataforma de desenvolvimento, ferramentas e serviços da Pivotal com os recursos de infraestrutura da VMware para fornecer um portfólio abrangente de Kubernetes para criar, executar e gerenciar aplicativos modernos”, disse Gelsinger.