Home  >  Sem Categoria

Infor encerra operação de vendas diretas no Brasil

Country Manager Alessandra Martins, CMO Carmela Borst e VP João Ricardo Nene deixam a operação. CEO global Charles Phillips também deixou cargo

Da Redação

03/09/2019 às 14h22

Foto: Shutterstock

Legenda:

A Infor encerrará as vendas diretas no Brasil, segundo revelaram fontes próximas ao assunto à Computerworld Brasil. Alessandra Martins, country manager da Infor, Carmela Borst, CMO para América Latina, e João Ricardo Nene, Vice-presidente da Infor para América Latina, também deixam a operação.

O Brasil, até então, vinha se mostrando como a principal operação da Infor na América Latina. Nos últimos dois anos, ganhou 25 novos clientes e vivia um momento de crescimento. A decisão para encerrar a operação não foi, entretanto, detalhada pela fonte.

As mudanças não refletem apenas a operação local. Na última semana, a Infor passou por uma grande reestruturação em sua liderança global. O CEO Charles Phillips (foto abaixo) que estava no cargo desde 2010, deixou a sua posição para o CFO Kevin Samuelson assumir. Ao tentar acessar o perfil de Phillips no site da Infor já não é mais possível encontrar informações sobre o executivo a não ser uma página de erro. Vale ressaltar, porém, que Charles Phillips passa a integrar o conselho de diretores da Infor como presidente. Samuelson, agora CEO, também integra o board. Samuelson é um dos executivos mais antigos da Infor, tendo passado 14 anos entre os papéis de M&A e CFO.

Em janeiro deste ano, a Infor recebeu um aporte de US$ 1,5 bilhão dos acionistas da Koch Equity Development, LLC (KED) e Golden Gate Capital. O novo investimento complementa o aporte da KED de mais de US$ 2 bilhões, realizado no começo de 2017. O aporte era, até então, tido como um marco importante para a Infor, que vinha trabalhando com a expectativa de um potencial IPO para 2019 ou 2020.

As mudanças, entretanto, na alta liderança podem indicar que o IPO deverá esperar. Ao mesmo tempo sugerem que os investidores da Infor não estão animados com a recente performance da companhia. Vale lembrar que a participação da Infor no mercado de ERP se mantém tímida diante dos concorrentes SAP, Oracle e Microsoft.

No Brasil, TOTVS, SAP e Oracle detêm 81% do mercado de ERP, segundo a Pesquisa Anual do GVcia, Centro de Tecnologia de Informação Aplicada da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV/EAESP), divulgada em 2018. A TOTVS assume a liderança, com 35%, seguida de perto pela alemã, com 31%, e a norte-americana na terceira colocação, com 15%. O estudo foi realizado em 8 mil grandes e médias empresas com 2.560 respostas válidas. Na ocasião, a Infor contava com 5% de participação do mercado.