Home  >  Negócios

EUA ignora mais de 130 pedidos de empresas que querem vender à Huawei

Proibição de negociar com a Huawei tem resultado na perda de bilhões de dólares para empresas norte americanas

Da Redação

28/08/2019 às 16h30

Foto: Shutterstock

Legenda:

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos recebeu mais de 130 pedidos de autorização de empresas norte-americanas que querem vender produtos para a chinesa Huawei. Segundo informações da Reuters, o presidente Donald Trump ainda não autorizou nenhuma delas.

Trump havia prometido ao líder chinês, Xi Jinping, que liberaria algumas empresas de negociar com a Huawei em julho deste ano. Entretanto, mesmo após dois meses da promessa, ainda não autorizou nenhuma empresa.

A Reuters lembra que a proibição de negociar com a Huawei resultou na perda de bilhões de dólares para empresas norte americanas. No ano passado, a Huawei investiu US$ 11 bilhões em componentes de empresas norte-americanas como Intel, Qualcomm e Micron Technology.

O governo norte americano tem, por enquanto, barrado qualquer tipo de negociação com empresas que constam na "lista negra", a menos que empresas interessadas consigam uma licença especial do Departamento de Comércio dos Estados Unidos.

O atual governo dos Estados Unidos reivindica que a Huawei seria um risco à segurança nacional do país por suspeitas de espionagem. A gigante chinesa, entretanto, nega as acusações.