Home  >  Plataformas

VMware apresenta nova solução de gerenciamento para a TI

Chamado Tanzu, produto aproveita conhecimento que empresa adquiriu com compra da Heptio no ano passado

Da Redação

27/08/2019 às 18h00

Foto: Shutterstock

A VMware introduziu, nessa segunda-feira (26) durante o VMworld, um novo conjunto de serviços para gerenciar máquinas virtuais e contêineres em uma única exibição. Chamado Tanzu, o produto aproveita o conhecimento que a empresa adquiriu com a compra da Heptio no ano passado.

Com os desafios enfrentados pelas empresas, que vivem um cenário cada vez mais fragmentado de manutenção de máquinas virtuais, juntamente com um ambiente Kubernetes containerizado mais moderno, surgiram dificuldades de gerenciamento para a TI. A situação se torna ainda mais complicada ao tentar gerenciar recursos em um ambiente multicloud, bem como nos data centers.

A expectativa é de que a nova solução facilite o trabalho dos departamentos de TI, aplicando o poder do Kubernetes em todo o complexo cenário de gerenciamento. Para os especialistas, a meta de unir as tradicionais ferramentas de gerenciamento de VM e Kubernetes da VMware, bem como peças de código aberto e outras aquisições recentes, incluindo Bitnami e Cloud Health junto com o Wavefront, é ambiciosa.

A ideia é cobrir toda a gama de construção, execução e gerenciamento de aplicativos na empresa. Entre as peças-chave introduzidas estão o Tanzu Mission Control, uma ferramenta para gerenciar clusters Kubernetes onde quer que eles estejam, e o Project Pacific, que incorpora o Kubernetes nativamente no vSphere, plataforma de virtualização da empresa, reunindo máquinas virtuais e containers.

Segundo a VMWare, reunir o Kubernetes e a máquina virtual dessa forma fornece vantagens importantes, já que a solução cria um novo conjunto de experiências para os clientes. Com uma infraestrutura ágil semelhante à nuvem, a companhia espera fornecer maior controle para os processos de TI.