Home  >  Negócios

Walmart processa Tesla após painéis solares da fabricante pegarem fogo

Segundo TechCrunch, sete lojas da rede de supermercados contavam com painéis que entraram em combustão. Walmart alega negligência

Da Redação

21/08/2019 às 14h21

Foto: Shutterstock

O Walmart está processando a Tesla por negligência e quebra de contrato depois que painéis solares da fabricante pegaram fogo no telhado de sete lojas da rede de supermercados em Nova York, reporta o TechCrunch, que cita documentos sobre o incidente.

De acordo com o portal, o processo aberto nessa terça-feira (20) contra a Tesla Energy Operations (divisão de energia solar da fabricante de veículos), afirma anos de negligência e falha da companhia de Elon Musk em oferecer serviços no padrão desejado pelo Walmart.

O acordo foi de que a Tesla instalaria e ainda faria os serviços de manutenção e segurança nos telhados das lojas que ficam em Nova York. Procurado pelo TechCrunch, a Tesla não soltou um posicionamento oficial.

A reportagem ainda lembra que desde 2016 a participação da Tesla no mercado de energia solar diminuiu após fusão com SolarCity, empresa adquirida em um acordo de US$ 2,6 bilhões.

Ao todo, são 240 lojas do Walmart onde há painéis solares da Tesla instalados. Segundo o TechCrunch, a empresa de supermercados pediu que a Tesla retirasse os painéis de todas as lojas, além de pagar pelos danos relacionados aos incêndios.

O Walmart explica que havia encontrado vários problemas com a instalação dos painéis e acredita que os problemas foram impulsionados pelo modelo de negócios da SolarCity, que se preocupava, primeiro, em instalar os painéis o mais rápido possível.

"Para ressaltar o óbvio, sistemas solares, adequadamente projetados, instalados, inspecionados e mantidos não entram em combustão espontaneamente, e a ocorrência de múltiplos incêndios envolvendo os sistemas solares da Tesla é apenas um sinal inconfundível de negligência da Tesla. Até hoje, a Tesla não forneceu ao Walmart o conjunto completo de análises finais de “causa raiz” necessárias para identificar os defeitos precisos em seus sistemas que causaram todos os incêndios descritos acima. O número de defeitos, no entanto, é esmagador e claramente indicativo de falhas generalizadas sistêmicas pela Tesla para atender o padrão de atendimento, conforme estabelecido nos contratos de governo, quanto aos sistemas solares instalados nas lojas do Walmart", declarou a empresa no documento do processo.

 

 

Tags