Home  >  Negócios

Startup brasileira de RH recebe aporte de US$ 3,5 milhões

Com aporte liderado pela DGF Investimentos, Sólides busca ampliar presença no País

Da Redação

21/08/2019 às 11h08

Foto: Divulgação

A Sólides, plataforma em nuvem para gestão de RH, anunciou que recebeu um aporte de US$ 3,5 milhões da DGF Investimentos, gestora de fundos de investimento com foco em SaaS e inteligência artificial. Essa é a primeira vez que a Sólides recebe um investimento externo.

De acordo com comunicado à imprensa, antes de receber o investimento, a empresa tinha atingido cerca de 3 mil clientes com um time de 150 funcionários. Agora, a empresa se prepara para ampliar sua presença no País, já que o mercado global de gestão de recursos humanos deve chegar a US$ 30,01 bilhão em 2025, um crescimento anual de 11% entre 2019 e 2025, diz levantamento publicado pela Grand View Research.

Mônica Hauck, fundadora da plataforma, explica que com o investimento a empresa deve lançar novos produtos, além de investir no plano de expansão. “Estamos hoje com 150 colaboradores e a previsão é dobrar nossa equipe", ressalta.

A executiva explica também como funciona um dos produtos da empresa, o Robô Ana Lytics, que analisa os dados gerados na plataforma e apresenta ideias e sugestões de melhoria na gestão de pessoas. “A expectativa é de que até o final do ano a Ana não apenas levante padrões, mas prescreva ações para melhorar o desempenho da gestão e das pessoas dentro das empresas”, esclarece.

Outra plataforma da companhia, a Sólides, também pode ser usada para indicar quais são os candidatos com perfil mais adequado para vagas, sempre levando em consideração se o perfil do candidato bate com a cultura da empresa.

Já Patrick Arippol, parceiro da DGF Investimentos acredita que a utilização de people analytics, que é uma das tecnologias usadas pela plataforma da Sólides, é algo normalmente interpretado como coisa de “empresas de grande porte”, mas que não é necessariamente assim.

“O mercado de pequenos e médios negócios adotará de forma cada vez mais rápida, soluções que contenham inteligência de dados para melhorar a tomada de decisão. Depois de mapear de forma completa o ecossistema brasileiro de HR Techs [startups dedicadas a gestão de recursos humanos], avaliamos que a Sólides tem o produto ideal para tornar o ‘people analytics’ popular entre empresas de todos os tamanhos”, explica Arippol.