Home  >  Negócios

Grupo Boticário anuncia aquisição do e-commerce Beleza na Web

Site é referência em compra de cosméticos pela internet. Valor da aquisição não foi revelado

Da Redação

13/08/2019 às 15h40

Foto: Divulgação

O Grupo Boticário, famoso por atuar como fabricante e varejista de cosméticos, anunciou a compra por um valor não divulgado do site de comércio eletrônico Beleza na Web.

Fundado em 2008, o 'Beleza" é conhecido pelo público por disponibilizar a venda e entrega de produtos nacionais e internacionais, com destaque para itens de cabelo e maquiagem. Outro ponto forte do site é a venda de produtos de linhas profissionais, cuja compra costuma ser mais difícil para quem não trabalha no setor. Atualmente, mais de 17 mil itens, pertencentes a cerca de 360 marcas, são disponibilizados para compra pelo e-commerce.

O acordo ainda precisa da aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para ser finalizado, já que ambas as marcas atuam no mesmo setor e possuem grande participação de vendas.

A companhia chega para reforçar o guarda-chuva de marcas que estão sob o portfólio da empresa paranaense, que inclui Eudora, Quem disse, berenice?, The Beauty Box, Vult e Multi B.

Vale ressaltar que essa aquisição se destaca das feitas anteriormente pelo Boticário por ser uma empresa voltada exclusivamente para a web, um mercado que tende a crescer exponencialmente nos próximos anos. Ao mesmo tempo, pode ajudar a companhia a firmar seu lugar no mercado e bater de frente com concorrentes como a Natura, que movimentou o mercado em maio com o anúncio da compra da Avon.

Em seu relatório de resultados de 2018, o Grupo Boticário informou uma receita bruta de R$ 13,7 bilhões e anunciou o objetivo de aumentar em pelo menos 7% o faturamento bruto em 2019. Para alcançar esse objetivo, o presidente Artur Grynbaum explicou em entrevista à Reuters que a empresa deve investir R$ 300 milhões ao longo desse ano, que serão distribuídos entre à expansão das fábricas da companhia, evolução de lojas próprias, abertura de novos pontos de venda e desenvolvimento de marcas originais. E compras, pelo visto.