Home  >  Inovação

Governo de São Paulo assina acordo com incubadora chinesa Innoway

Segundo administração, parceria prevê intercâmbio de startups, treinamento e capacitação de gestores de incubadoras e eventos de inovação entre países

Da Redação

06/08/2019 às 14h30

Foto: Divulgação/Governo de SP

O governo de São Paulo anunciou nesta terça-feira, 6/8, a assinatura de um acordo de cooperação técnica com a incubadora chinesa Innoway, que é da Prefeitura de Pequim e integra o distrito de inovação de Zhongguancun.

Segundo o governador de SP, João Doria (PSDB), a parceria prevê intercâmbio de startups, treinamento e capacitação de gestores de incubadoras e eventos de inovação entre os dois países, Brasil e China.

Com atuação focada no fomento ao empreendedorismo, a Innoway já recebeu mais de 2.900 startups em sua plataforma global voltada para promover o intercâmbio de inovação.

De acordo com o governo de SP, o acordo tem como objetivo desenvolver um programa de residência em que startups brasileiras se hospedem na incubadora chinesa e startups chinesas venham a São Paulo para conhecer trabalhos desenvolvidos localmente.

Mais especificamente, aponta a administração, essas jovens empresas chinesas utilizarão o IPT Open Experience e de alguns parques selecionados no Estado durante suas estadias no Brasil.

Troca de experiências
Além disso, a parceria prevê uma via de mão dupla quando o assunto é a troca de experiências, com eventos e treinamentos conjuntos no Brasil e na China.

O governo paulista também pretende enviar gestores de incubadoras e parques tecnológicos do Sistema Paulista de Ambientes de Inovação (SPAI), que engloba a Rede Paulista de Parques Tecnológicos (SPTec), a Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica (RPCITec), a Rede Paulista de Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica (RPITec), para aprendizado sobre portfólio de serviços oferecidos às startups.